0

COB escolhe Morlán e Soubak como os melhores técnicos do ano

28 nov 2014
18h13

O espanhol Jesús Morlán, da canoagem velocidade, e o dinamarquês Morten Soubak, da Seleção feminina de handebol, foram eleitos os melhores técnicos do ano nas categorias modalidade individual e coletiva, respectivamente. A premiação é do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e os troféus serão entregues em cerimônia oficial no dia 16 de dezembro.

"Parabenizo esses dois grandes treinadores que, com competência e liderança, vêm contribuindo para o desenvolvimento de suas modalidades no Brasil. É um orgulho muito grande contarmos com a eficiência de profissionais internacionalmente reconhecidos como o Jesús Morlán e o Morten Soubak em favor do esporte brasileiro", declarou o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman.

No comando da Seleção Brasileira feminina de handebol, Morten Soubak conquistou o histórico título do Campeonato Mundial, em dezembro de 2013. Esse importante feito aconteceu após o Prêmio Brasil Olímpico do ano passado e, por esse motivo, o COB decidiu homenagear o técnico neste ano de 2014.

"É uma honra muito grande receber o Prêmio Brasil Olímpico. Fico muito feliz com o reconhecimento do trabalho, que não é só realizado através de mim, mas de todo o handebol feminino do Brasil. Este prêmio nos motiva mais ainda para irmos atrás de novas medalhas para o Brasil em 2015, nos Jogos Pan-americanos, e no Rio 2016. O Mundial de 2013 foi histórico. Poucas vezes um time de fora da Europa conquistou um título dessa grandeza", disse Morten.

Nas Seleções, o Brasil conta com mais de 40 técnicos estrangeiros. Há dois anos no comando da canoagem velocidade, o espanhol Jesús Morlán já é responsável pela grande evolução do país na modalidade. Com o treinador, o brasileiro Isaquias Queiroz conquistou o bicampeonato mundial do C1 500m neste ano.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade