6 eventos ao vivo

Com cadeiras de papelão e bosques, Vila do Pan corre contra o tempo

23 set 2011
14h06
atualizado às 21h26

Celso Paiva
Marcelo do Ó
Direto de Guadalajara

Os atletas que disputarão os Jogos Pan-Americanos não poderão reclamar da vista da sua moradia durante a competição. Construída em uma área reservada, onde o que predomina é um gigante bosque, o local dará a possibilidade de vários tipos de entretenimento para quem representar seu país no evento.

O condomínio possui um total de quatro edifícios, com mais de 900 apartamentos para receber os cerca de 6,6 mil atletas que estarão em Guadalajara. Com dois ou três dormitórios, cada um dos apartamentos possui ainda uma sala extensa, varandas e um banheiro. A cozinha e a lavanderia não foram instaladas já que os atletas comerão no refeitório e cada conjunto tem seu próprio serviço de lavanderia.

"Ao todo são quatro prédios, mas um total de sete conjuntos de mais de 600 atletas, onde cada um tem sua própria recepção, seu próprio elevador, seu serviço de lavanderia, entre outras comodidades. Serão mais de mil pessoas trabalhando na Vila Pan-Americana, durante todo o evento", afirmou o prefeito da Vila, Nick Van Der Kaaij.

A ideia após a competição é vender os apartamentos, assim como foi feito no Pan do Rio de Janeiro, em 2007. Comparando com o custo das moradias em São Paulo ou no Rio, o preço de um dos apartamentos está com um preço acessível: 800 mil pesos (cerca de R$ 180 mil).

Além do conforto dos quartos, os atletas poderão frequentar a ampla piscina que fica atrás do complexo de edifícios. Um parque atrás da piscina é outra boa opção para quem deseja dar uma volta para relaxar antes de competir. Há ainda uma academia, com dezenas de esteiras, bicicletas e outros aparelhos de musculação.

Uma das grandes novidades está nos refeitórios, que ainda passam pela fase final de construção e terão capacidade para 3 mil pessoas. Durante o evento serão usadas cadeiras e mesas feitas de papelão para os atletas sentarem e comerem. A reportagem do Terra chegou a fazer um teste e percebeu que a novidade é segura e confortável. Os objetos também estarão nos apartamentos, que contarão com seis cadeiras deste tipo e uma mesa. "Se for bem conservada, essas cadeiras podem durar até um ano", disse Van Der Kaaij.

Atrasos e política

Durante a passagem do Terra pelo local, o que se pode ver foram vários funcionários correndo contra o tempo para terminar as obras antes da inauguração oficial, agendada para 4 de outubro. Grande parte da culpa disso se deve à demora para aprovação de partes do projeto, que atrasaram o início da construção, prevista, em um primeiro momento, para ser entregue em março deste ano.

"Começamos a construir isso aqui em janeiro de 2010, subimos todo este complexo em menos de dois anos. O trabalho está cansativo e tirando minhas noites de sono. Porém, são apenas alguns detalhes que estarão resolvidos antes do dia 4", disse o prefeito da Vila.

Os atrasos principais estão na área do refeitório e da zona internacional, onde ficarão as lojas de objetos relacionados ao Pan, além de outras comodidades como uma discoteca, um teatro, lojas dos patrocinadores, salão de beleza, entre outras coisas.

Pan 2011 no Terra

O Terra transmitirá simultaneamente até 13 eventos, ao vivo e em HD, dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara via web, tablets e celular.

Com uma equipe com mais de 220 profissionais, a maior empresa de Internet da América Latina fará a mais completa cobertura da competição que será realizada de 14 a 30 de outubro, trazendo, direto do México, a preparação de atletas, detalhes da organização e toda a competição, com conteúdo em texto, fotos, vídeos, infográficos e muita interatividade.

Acesse também a cobertura em:
http://m.terra.com.br/guadalajara2011
http://tablet.terra.com.br

Fonte: Terra
publicidade