1 evento ao vivo

Com um a mais, Gana para na Austrália e alemães agradecem

19 jun 2010
12h52
atualizado às 17h09

Mesmo com um jogador a mais por 70 minutos da partida, Gana parou em uma valente Austrália e ficou no 1 a 1, neste sábado, no Royal Bafkeng, em Rustemburgo. O resultado, com gols de Holman e Asamoah Gyan, beneficiou a Alemanha, que agora vê o Grupo D mais embolado para a última rodada.

» Veja fotos de Gana x Austrália
» Assista aos gols 3D de Gana e Austrália
» Dê a sua nota para os jogadores Gana x Austrália

A liderança da chave fica ainda com Gana, que soma quatro pontos, mas terá a Alemanha, com três, em seu próximo jogo. Apesar de terem sido derrotados na sexta, os alemães ainda veem o grupo em aberto e com a primeira colocação ao alcance com uma vitória. Os africanos avançam às oitavas com um empate.

Já a Austrália mantém esperanças de classificação, mas com um ponto precisará bater a Sérvia, que tem três, e aguardar o placar do outro confronto da chave.

Gana mais uma vez prescindiu da experiência de Muntari e Appiah, que ficaram entre os reservas. A escalação do time teve problemas na defesa, já que os titulares Vorsah e Mensah não jogaram por contusão. Milovan Rajevac escalou dois garotos no setor: Annan, de 23 anos, e Jonathan Mensah, de 18, que estreou com a camisa profissional ganense na Copa do Mundo.

O jogo

O primeiro tempo em Rustemburgo foi bastante movimentado, ainda que sem tantas oportunidades nítidas de gol. Gana entrou em capo sabedora de que precisava vencer para abrir seis pontos antes do confronto com a Alemanha, enquanto a Austrália, derrotada de forma humilhante na abertura, jogava sua sobrevivência.

Kewell e Bresciano, sem as condições físicas ideais, foram resgatados por Pim Verbeek, que não contava com o suspenso Tim Cahill - a dupla apareceria nos lances decisivos. Primeiro foi Bresciano, que cobrou falta largada por Kingson. No rebote, Holman marcou o primeiro da Austrália no Mundial aos 11min.

O gol abriu os olhos de Gana, que se mandou mais ao ataque adiantando Kevin-Prince Boateng definitivamente para a armação. Em jogada de persistência de Andre Ayew, Keewell colocou o braço na bola em cima da linha, impedindo o gol ganense. O meia australiano foi expulso e Asamoah Gyan não perdoou, convertendo sua segunda penalidade nesta Copa.

Ainda antes do intervalo, Gana chegou muito perto da virada. Boateng roubou bola no meio-campo, disparou pela ponta direita e finalizou bem após invadir a área, mas não acertou o alvo.

O segundo tempo começou com muito interesse das duas equipes pelo jogo, o que resultou em baixo número de oportunidades. As melhores chances saíram em sequência, aos 24min e aos 25min: Kwadwo Asamoah deixou Gyan em condições de marcar na grande área, mas o atacante bateu para fora.

A Austrália respondeu desperdiçando uma chance incrível: Kingson impediu Wilkshire de marcar frente a frente. Livre, Kennedy também errou no rebote, mostrando pouca técnica para finalizar com o gol praticamente aberto.

Mesmo com inferioridade numérica, a Austrália seguiu melhor na última parte do jogo, buscando o ataque e esbarrando no bom desempenho dos dois jovens zagueiros de Gana. Os africanos, no fim das contas, é que tiveram a melhor chance no fim: em bola aérea, Johathan Mensah subiu de cabeça e assustou os australianos, mas permaneceu o empate.

O panorama do Grupo D será definido na próxima quarta-feira. Gana pega Alemanha em Johannesburgo, enquanto a Austrália enfrenta a Sérvia em Nelspruit.

FICHA TÉCNICA

Gana 1 x 1 Austrália

Gols:
Gana: Asamoah Gyan, aos 25min do 1º tempo
Austrália: Holman, aos 11min do 1º tempo

Ponto Forte de Gana
Atitude ofensiva

Ponto Forte da Austrália
Muita determinação mesmo com um a menos

Ponto Fraco de Gana
Poucas chances de gol criadas

Ponto Fraco da Austrália
Tecnicamente ainda deixa muito a desejar

Personagem do jogo
Harry Keewell, expulso aos 24min do primeiro tempo e já de fora da fase de grupos do Mundial

Esquema Tático de Gana
4-1-4-1
Kingson; Pantsil, Jonathan, Addy e Sarpei; Annan; Ayew, Kwadwo Asamoah (Muntari), Kevin-Prince Boateng (Amoah) e Tagoe (Owusu-Abeye); Gyan
Técnico: Milovan Rajevac

Esquema Tático da Austrália
4-2-3-1
Schwarzer; Wilkshire (Rukavytsya), Moore, Neill e Carney; Valeri e Culina; Emerton, Holman (Kennedy) e Bresciano (Chipperfield); Kewell
Técnico: Pim Verbeek

Cartões amarelos
Gana: Addy, Kevin-Prince Boateng e Jonathan
Austrália: Moore

Cartão vermelho
Austrália: Kewell

Árbitro
Roberto Rosetti (Itália)

Local
Royal Bafokeng, em Rustemburgo












Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade