PUBLICIDADE

Confira 10 atletas brasileiros que devem "explodir" em 2011

24 dez 2010 - 09h31
(atualizado às 16h38)
Publicidade

Dassler Marques

O próximo ano aproxima ainda mais o Brasil das próximas duas Olimpíadas, além de colocar em nosso calendário competições como os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, realizados já neste 2011. Na virada do ano, é fundamental saber quais podem ser os atletas que vão despontar para possivelmente se juntar a nomes como Cesar Cielo e Maurren Maggi entre os candidatos a medalha.

Nesta lista, o Terra lembra não só de atletas olímpicos, mas também de gente que promete fazer barulho em suas modalidades. Tiago Fernandes, campeão juvenil do Aberto da Austrália, fará sua estreia entre os adultos. Jadson André, surfista, vai tentar se estabelecer de vez entre os maiores depois de vencer Kelly Slater. Nicholas Costa conhecerá o macacão vermelho da Ferrari.

Abaixo, confira 10 atletas brasileiros que podem explodir em 2011:

Tiago Fernandes - tênis

Marcado pelo título juvenil do Aberto da Austrália, Tiago Fernandes, 17 anos, terá em 2011 uma nova etapa de sua carreira. Ele fará a estreia no circuito profissional e assim vai tentar justificar toda a expectativa criada graças à conquista de um Grand Slam. Em seu calendário inicial para o novo ano, o tenista terá a chance de defender seu título em território australiano contra adversários muito mais experimentados.

Lucas Bebê - basquete

Principal promessa do basquete brasileiro ao lado de Raulzinho, Lucas Bebê teve grande destaque em 2010, na Copa América Sub-18. Em 2011, ele terá muitos holofotes em torno de si, já que irá disputar o Mundial Sub-19 e ficará mais próximo da Seleção principal. Jogador do Estudiantes, clube espanhol de Madri, Lucas é seguido atentamente por olheiros da NBA e tem o mesmo agente de Dwight Howard, astro do Orlando Magic.

Damiris - basquete

Convocada para o Mundial de Basquete Feminino na República Checa, a jovem pivô Damiris participou - e muito bem - da competição aos 17 anos. Fruto da ótima participação no vice-campeonato da Copa América Sub-18, o que lhe colocará também em evidência para o Mundial Sub-19 de 2011. Em uma Seleção adulta que clama por renovação, ela desponta como um nome a ser seguido no próximo ano.

Jadson André - surfe

Potiguar de Alexandria, Jadson André já rompeu com o rótulo de promessa em abril de 2010. Aos 20 anos, superou simplesmente Kelly Slater na final da etapa brasileira do Mundial, o que não acontecia para o surfe do País desde 1998. Com patrocínios desde que tinha 15 anos, Jadson tentará em 2011 entrar forte na briga pelo título mundial.

Nicholas Costa - automobilismo

Já em dezembro, Nicolas Costa foi campeão do Fórmula Future Fiat, o que lhe rendeu uma vaga na academia para jovens pilotos da escuderia italiana. O jovem carioca Nicholas, dessa forma, espera romper um cenário de poucas promessas do automobilismo no Brasil. Dificilmente ele terá um 2011 explosivo, mas é certo que lutará por espaço na equipe mais tradicional da F1.

Thiago Braz - salto com vara

Com só 16 anos, Thiago Braz chamou atenção por uma medalha de prata nos Jogos Olímpicos da Juventude, realizados em Cingapura no último mês de agosto. Apadrinhado por Fabiana Murer e pelo treinador Elson Miranda, ele desponta como um grande nome do atletismo brasileiro para o futuro próximo.

Camila Brait - vôlei

Quando a Federação Internacional de Vôlei liberou a convocação de duas líberos para o Mundial, José Roberto Guimarães preferiu apostar em uma potencial substituta para a experiente Fabi. Assim o Brasil conheceu mais da bela Camila Brait, que já há algum tempo faz grande papel no Sollys/Osasco. Aos 22 anos, ela deve avançar em 2011, quando o treinador pretende montar uma Seleção B com jogadoras mais jovens.

Henrique Rodrigues - natação

Aos 17 anos, Henrique Rodrigues surpreendeu ao conquistar vaga para o Mundial de Desportos Aquáticos, realizado em Roma. Recentemente, no Mundial de Piscina Curta em Dubai, já com 19 anos, ele teve o terceiro melhor tempo das semifinais dos 200 x medley. Meses antes, havia batido Thiago Pereira. No próximo ano, terá o Mundial de Natação, em Xangai, para provar sua evolução.

David Lourenço - boxe

Em 2010, David Lourenço se notabilizou como a grande promessa do boxe brasileiro. Campeão mundial amador juvenil, ele repetiu a dose e levou medalha de ouro nos Jogos Olímpicos da Juventude, em Cingapura. Duas conquistas decisivas para que ele desistisse da ideia de abandonar o esporte para se dedicar aos estudos.

Caio Cezar Fernandes - salto em distância

Quando foi escolhido para realizar um treinamento específico na Espanha, durante 60 dias, já aparentava ser um atleta especial. Nos Jogos Olímpicos da Juventude, com medalha de ouro no salto em distância, ele confirmou a expectativa. Natural de Barretos, é candidato a ampliar a tradição do interior de São Paulo para esse esporte. Maurren Maggi, de São Carlos, já ganhou ouro olímpico.

Davi Lourenço conquistou dois títulos mundiais de boxe para jovens em 2010
Davi Lourenço conquistou dois títulos mundiais de boxe para jovens em 2010
Foto: Reuters
Fonte: Terra
Publicidade