0

Contra demolição do De Lamare, CBDA entregará abaixo-assinado

29 abr 2013
20h52

A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) entregará nesta terça-feira ao Ministério Público do estado do Rio de Janeiro o abaixo-assinado colocado na internet e que circulou no Troféu Maria Lenk, na semana passada, para protestar contra a demolição do Parque Aquático Júlio de Lamare.

A entidade conseguiu colher cerca de 2 mil assinaturas. Apoiaram a campanha nomes como Cesar Cielo, Thiago Pereira, Djan Madruga, Gustavo Borges, Fernando Scherer, Manoel dos Santos e Jorge Fernandes, todos medalhistas olímpicos nas piscinas. Durante o Troféu Maria Lenk, atletas de diversos clubes, como Minas, Pinheiros, Corinthians, Unisanta, entre outros, também assinaram a carta. Membros de outras modalidades, como polo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado, aderiram ao movimento.

A demolição do Parque Aquático Júlio de Lamare está suspensa no momento, por ordem da juíza Gisele Guida de Faria, da 9ª Vara da Fazenda Pública. O local serve como sede da CBDA e acolhe em suas piscinas projetos sociais e o treinamento de atletas das mais diversas categorias, inclusive um atleta olímpico, o saltador Cesar Castro, presente em três Olimpíadas.

A destruição das piscinas tem como objetivo transformar o espaço em estacionamento, já que o parque aquático está anexado ao estádio do Maracanã. A obra seria realizada por causa da Copa do Mundo de 2014.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade