3 eventos ao vivo

Adílson dá conselhos a Ronaldo sobre aposentadoria

21 ago 2010
11h32
atualizado às 13h33

Com as especulações sobre a aposentadoria do atacante Ronaldo aumentando a cada dia, o técnico do Corinthians, Adílson Batista, deu alguns conselhos do que o atleta deve fazer para largar a carreira de jogador.

Ronaldo pode se aposentar em breve com a camisa corintiana
Ronaldo pode se aposentar em breve com a camisa corintiana
Foto: Adhil Rangel / Gazeta Press

Segundo o treinador, não é fácil pendurar as chuteiras. "É difícil (se aposentar). Eu chorei durante umas duas noites. Eu já pensava em seguir no futebol, na carreira de treinador, mas é difícil. Tem a rotina, a ansiedade, você vai para a comida, toma um vinho... Tem que estar cercado do apoio da família. Minha esposa e meus filhos foram importantes", afirmou.

O técnico, porém, não quis dizer se acha que Ronaldo tem que parar ou não. "Tem que respeitar as individualidades. Eu sempre respeitei, mas nós, que temos experiência, aconselhamos. É duro quando doem o joelho, os pés, as costas. Chega uma hora que não dá, mas cada um sabe o momento de parar", disse.

O treinador também sofreu com lesões durante a carreira, assim como Ronaldo. "Tem uma hora que não dá mais. Você não acompanha (o ritmo dos outros atletas), engorda e não volta", lembrou.

Adílson largou a carreira de jogador de futebol aos 33 anos, idade que Ronaldo tem atualmente. O atacante corintiano, porém, deve jogar até os 34 anos, pois não deve pendurar as chuteiras antes do final do ano, quando já terá completado seu 34º aniversário.

O Corinthians é o vice-líder do Brasileiro com 28 pontos e encara o São Paulo neste domingo, às 18h30, no Pacaembu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade