1 evento ao vivo

Após corte de cercas, 100 corintianos invadem CT e clube aciona PM

1 fev 2014
10h20
atualizado às 13h09
  • separator
  • 0
  • comentários

Aproximadamente 100 torcedores de organizadas corintianas causaram tumulto na manhã deste sábado. O grupo cortou as cercas do Centro de Treinamento Joaquim Grava e invadiu o local. Para conter o protesto, o Corinthians acionou a Polícia Militar.

Antes da invasão, ao perceber a grande concentração de torcedores e a possibilidade de tumulto, o Corinthians recorreu a policiais militares. Na sequência, o grupo conseguiu fazer dois cortes em cercas do Centro de Treinamento e teve acesso ao local de trabalho dos jogadores. Rapidamente, porém, o elenco se refugiou para evitar contato com os invasores. 

Os torcedores permaneceram com cinco representantes no Centro de Treinamento até aproximadamente 12h30 (de Brasília) e foram recebidos pela diretoria do Corinthians e ainda o treinador Mano Menezes. A intenção do grupo, porém, era falar com jogadores, mas eles não foram recepcionados pelo elenco.

O ato deste sábado foi represália depois de derrota por 5 a 1 para o Santos, na última quarta-feira, na Vila Belmiro. Revoltados, torcedores já haviam tentado invadir o vestiário após a partida na Baixada Santista. Além disso, no dia seguinte, pediram reunião com os jogadores, pedido recusado pelos dirigentes também na ocasião. 

Mano diz que resultado do clássico não serve de parâmetro

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade