2 eventos ao vivo

Argentinos citam "amor não correspondido" de Corinthians por Riquelme

22 jun 2012
23h48
atualizado em 23/6/2012 às 00h14

A definição da final da Copa Libertadores entre Corinthians e Boca Juniors gerou na Argentina uma série de reportagens "apresentando" o time brasileiro, que nunca havia chegado a uma decisão continental. Nesta sexta-feira, o jornal Olé inclusive lembrou um desejo recente do clube do Parque São Jorge em contratar um dos maiores ídolos da equipe da Bombonera: Juan Román Riquelme. Na reportagem, porém, o diário esportivo não perdeu a oportunidade de dar uma cutucada, lembrando que o habilidoso meio-campista "esnobou" a transferência.

"Entre a equipe brasileira e Juan Román Riquelme há um caso de amor não correspondido", informou a matéria, que compôs um noticiário em vídeo na página de internet do jornal argentino, sob o título em portunhol "Con vocé no voy". "O 'Timão' quis contratá-lo em 2009, já que a ideia era ter uma grande estrela ao lado de Ronaldo em 2010, ano do centenário", acrescentou.

Os argentinos até lembraram - e expuseram - a expectativa que os boatos sobre a transferência do meia do Boca causaram nos torcedores alvinegros. "O presidente (Andrés Sanchez) viajou à Argentina para negociar, e os fãs fizeram camisetas de Riquelme e fantasiaram", discorreu a reportagem.

Enquanto tudo isso era dito, o Olé mostrava as montagens que circularam a internet alguns anos atrás, com o meia argentino vestindo a camisa corintiana. Rapidamente, porém, a história continuou: "no final a transferência não deu certo pelo amor de Riquelme pelo Boca. E as piadas o presidente do Corinthians teve que engolir".

Corinthians e Boca iniciam a decisão da Libertadores 2012 na próxima quarta-feira, em Buenos Aires, na temida Bombonera. A volta será disputada uma semana depois, em 4 de julho, no Pacaembu. "Agora, os brasileiros verão o melhor Román. Mas do outro lado", concluíram os argentinos.

Riquelme já foi desejado pelo Corinthians
Riquelme já foi desejado pelo Corinthians
Foto: Olé / Reprodução
Fonte: Terra
publicidade