1 evento ao vivo

Contra Mogi, Corinthians tem volta de titulares e "muita ansiedade"

30 jan 2013
07h39
atualizado às 07h39
  • separator
  • 0
  • comentários

A torcida do Corinthians vai matar a saudade dos jogadores que conquistaram o Mundial de Clubes da Fifa em 2012. Nesta quarta-feira, os titulares da equipe, que vinham sendo poupados no Campeonato Paulista, farão a estreia na temporada, em duelo diante do Mogi Mirim. As duas equipes se encontram no Estádio do Pacaembu, às 22h (de Brasília), em compromisso pela quarta rodada da competição estadual.

Depois de três jogos com reservas, Tite voltará a usar campeões do mundo; Cássio e Chicão são baixas
Depois de três jogos com reservas, Tite voltará a usar campeões do mundo; Cássio e Chicão são baixas
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

Dos 11 jogadores que começaram a partida contra o Chelsea em 16 de dezembro, apenas dois nomes ficarão de fora do jogo de quarta-feira: o goleiro Cássio, que se recupera de dores no ombro, e o zagueiro Chicão, que sofreu uma artroscopia no joelho. Entre os que jogarão, a sensação antes do reencontro com a torcida e com o Estádio do Pacaembu é de “muita ansiedade”, como admitiu o volante Paulinho.

O volante é um dos escalados para o jogo desta quarta-feira. No treino da tarde da véspera da partida contra o Mogi, o técnico Tite deixou a equipe esboçada com Danilo Fernandes; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Paulinho; Emerson, Danilo e Jorge Henrique; Guerrero. Os reservas conquistaram apenas quatro pontos em três jogos pelo Campeonato Paulista, mas o camisa 8 vê o retorno dos titulares como natural.

“Independente de nomes, o grupo do Corinthians tem jogadores qualificados. Todos têm capacidade, e todos terão oportunidades. Quem o Tite decidir colocar em campo, com certeza irá apresentar um bom futebol”, disse Paulinho, negando problema de ritmo de jogo. “Vamos buscar (ritmo) o mais rápido possível. É o que a gente espera o mais rápido possível. Na primeira partida, vai ser difícil. Às vezes, não vai na técnica, na vontade.”

O meio-campista, uma das referências do técnico Tite em campo, recusou uma oferta da Inter de Milão nesta terça-feira, disse não pensar em transferência até o meio do ano. Caso o time receba novas ofertas por ele, o próprio Paulinho afirma que jogará aberto. Nas palavras da diretoria, caso os valores alcancem o esperado, caberá ao próprio volante decidir se quer ir.

“Não estou preocupado com o que vai acontecer adiante. Estou preocupado agora, tive que tomar uma decisão agora, diante da oferta da Inter. Quando chegar uma oferta oficial, serei o primeiro a chegar e apresentar a vocês (jornalistas)”, disse.

Baixe gratuitamente o aplicativo Sigo meu Time e acompanhe seu time do coração

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade