1 evento ao vivo

Corinthians analisa três a quatro nomes para vaga de Mano

24 jul 2010
12h09
atualizado às 15h27
Dassler Marques
Direto de São Paulo

Durante a coletiva de imprensa em que Mano Menezes confirmou que é o novo treinador da Seleção Brasileira, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, disse que já tem em mente os candidatos ao cargo de próximo técnico do clube alvinegro. "Não tem nada certo com ninguém. Nós temos três ou quatro nomes", afirmou o mandatário.

Dois nomes que já passaram pelo clube são os mais cotados: Adílson Batista, zagueiro da equipe em 2000, e Carlos Alberto Parreira, de vitoriosa passagem pelo clube em 2002, quando conquistou a Copa do Brasil, a Liga Rio-São Paulo e foi vice-campeão brasileiro. Ainda corre por fora Ney Franco, do Coritiba.

"Temos três ou quatro nomes, vamos resolver o quanto antes. Mas sem pressa, se não for nessa semana vai ser na próxima", disse o presidente do Corinthians, que preferiu não eleger um perfil ideal para suceder Mano Menezes.

"O Corinthians tem um projeto, o Mano pôs algo mais. O treinador vai se enquadrar nesse projeto", afirmou o presidente corintiano. "Claro que a gente cresceu com ele (Mano Menezes), mas o clube já era grande. As pessoas passam e a gente vai tocando a vida".

Perguntado se uma ação judicial movida por Adílson Batista, contra o Corinthians, pode afastá-lo do cargo, Andrés negou. Segundo ele, o acerto é inicialmente com o departamento de futebol e, em seguida, com advogados para a questão trabalhista. Adílson cobra encargos referentes à passagem pelo clube como jogador.

Outro tema abordado a respeito de Adílson seria um possível desejo do treinador em levar vários membros de sua comissão técnica para o Corinthians. Segundo o vice de futebol Mário Gobbi, o clube não aceita diluir sua equipe fixa que trabalha ao lado de Mano Menezes.

Apesar de ter aceitado o convite da CBF, Mano Menezes ainda dirige o Corinthians neste domingo, no embate frente ao Guarani, às 16h, no Pacaembu. O próximo jogo da equipe corintiana é no domingo seguinte diante do Palmeiras.

Mano Menezes disse sim à Seleção e deixa o Corinthians sem técnico
Mano Menezes disse sim à Seleção e deixa o Corinthians sem técnico
Foto: Ivan Pacheco / Terra
Fonte: Terra
publicidade