PUBLICIDADE

"Corintiano e perna-de-pau", Cigano é apresentado no Corinthians

14 ago 2012 17h50
| atualizado às 20h38
Publicidade

O Corinthians apresentou, na tarde desta terça-feira, no CT Joaquim Grava, a mais nova contratação para a equipe de MMA (Artes Marciais Mistas, na tradução livre). O nome é de peso: ninguém menos do que Júnior "Cigano" dos Santos, detentor do cinturão dos pesados do UFC. Em coletiva concedida no Parque Ecológico, o lutador, que admitiu ser torcedor do clube, mas ruim no futebol, não escondeu a satisfação pelo contrato, que terá duração de um ano.

"Já sou mais um (louco do bando) há muito tempo, a motivação é o apoio. Clube tão grande, de tradição, se dispondo a apoiar a galera do MMA, alavancando o esporte. Iniciativa excelente do clube e estou muito feliz de fazer parte disso. Com a estrutura, espero até melhorar", comemorou.

Bem humorado, o campeão ainda confidenciou que sempre foi torcedor do clube alvinegro, mas que na hora de praticar o futebol, nunca foi dos jogadores mais talentosos.

"Meu time de coração é e sempre foi o Corinthians. Minha família inteira, meu pai era fanático. Não sou muito bom de bola, joguei quando criança, sou perna-de-pau, mas gosto de bater falta (risos). Na escola era zagueiro, dava canelada nos outros (risos)", contou.

A iniciativa faz parte de um projeto corintiano de MMA iniciado em 2011, em parceria com a lenda do esporte e campeão dos médios do UFC Anderson Silva. A empreitada inclui uma das melhores academias do mundo para o treinamento em artes marciais, localizada no Parque São Jorge, e conta com um grupo de dez atletas, sendo que agora dois deles figuram entre os melhores. Apesar da presença de Anderson, Cigano deixou claro que conversou diretamente com o Corinthians.

"Não falei com o Anderson, foi direto com o Corinthians, mas tive certeza de que estava fazendo a coisa certa", explicou. Sobre o rival na primeira luta como atleta do Corinthians, Cigano disse que acredita que voltará a enfrentar o americano Cain Velazquez, de quem tirou o cinturão, mas que o contrato para o combate ainda não foi assinado.

"Acabamos de saber, talvez dia 29 de dezembro, contra Velásquez. Não assinei ainda, mas está perto", disse. Cigano é especialista em boxe, mas também adepto do jiu-jitsu no solo. Em 16 lutas, sofreu apenas uma derrota, no início da carreira. Na última aparição no otógono, no dia 26 de maio, nocauteou o americano Frank Mir, em Las Vegas.

Lutador de MMA Cigano é apresentado no Corinthians; veja:
Fonte: Lancepress!
Publicidade