3 eventos ao vivo

Corintianos ignoram PM e sobem balão com "Eterno 7 a 1"

13 jun 2012
22h42
atualizado às 22h50
Diego Garcia
Klaus Richmond
Direto de Santos

A torcida do Corinthians conseguiu provocar a do Santos da maneira que queria, mesmo com a determinação da Polícia Militar de não utilizar faixas provocativas. Os corintianos soltaram um balão de fora do estádio com a inscrição "Eterno 7 a 1", que subiu ao término do primeiro tempo e percorreu toda a faixa compreendendo o céu acima do gramado da Vila Belmiro nesta quarta-feira.

» Veja opções de jogadores para o seu time repatriar no Brasileiro

A PM havia proibido a entrada no estádio com cartazes ou faixas com quaisquer provocações aos rivais. Por isso, a torcida santista não conseguiu sequer colocar um mosaico com os dizeres "Alçapão é Nosso", uma vez que as autoridades consideraram os dizeres ofensivos.

Do lado corintiano, a tradicional bandeira do "Eterno 7 a 1" - alusiva à goleada corintiana em 2005, pelo Campeonato Brasileiro e que sempre surge em clássicos contra o Santos - não apareceu até o intervalo, quando alguns torcedores a mostraram de forma tímida antes de recolhê-la.

E, em seguida, o balão do "Eterno 7 a 1" surgiu por detrás da torcida corintiana, vinda da parte de fora da Vila Belmiro, queimando e subindo sem parar. O fato irritou os santistas, que atiraram garrafas e outros objetos contra os visitantes. O primeiro tempo se encerrou com vitória do time de fora por 1 a 0.

Mesmo na Vila Belmiro, o Corinthians saiu na frente na briga por uma vaga na decisão da Copa Libertadores da América. Nesta quarta-feira, a equipe contou com um gol de Emerson aos 27min do primeiro tempo para derrotar o Santos por 1 a 0, na partida de ida da semi
Mesmo na Vila Belmiro, o Corinthians saiu na frente na briga por uma vaga na decisão da Copa Libertadores da América. Nesta quarta-feira, a equipe contou com um gol de Emerson aos 27min do primeiro tempo para derrotar o Santos por 1 a 0, na partida de ida da semi
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra
Fonte: Terra
publicidade