5 eventos ao vivo

Diretor da Gaviões e membros da Pavilhão 9 estão entre detidos em Oruro

21 fev 2013
13h17
atualizado às 15h31
  • separator
  • comentários

Entre os nomes divulgados pela polícia de Oruro, na Bolívia, dos 12 torcedores do Corinthians detidos por suspeita de envolvimento na morte de Kevin Douglas Beltrán Espada, 14 anos, está um diretor da Gaviões da Fiel. O torcedor do San José foi atingido no rosto por um sinalizador no Estádio José Bermúdez, na última quarta-feira. O incidente ocorreu durante o empate por 1 a 1, válido pela Copa Libertadores.

<p>Artefato que acabou matando o torcedor do San Jos&eacute; teria sido atirado logo ap&oacute;s o gol marcado por Paolo&nbsp;Guerrero</p>
Artefato que acabou matando o torcedor do San José teria sido atirado logo após o gol marcado por Paolo Guerrero
Foto: AP

Tadeu Macedo Andrade, que já chegou a comandar informalmente a Gaviões da Fiel no ano passado, é um dos integrantes mais influentes dentro da organização. Andrade foi o mais votado no início de 2012 entre os candidatos ao Conselho Deliberativo da Gaviões da Fiel. Outro integrante da torcida organizada que está entre os detidos é Cleuter Barreto Barros. Em sua página no Facebook, o torcedor aparece em fotos no meio da bateria em frente ao Pacaembu e se diz parte da Fiel Manaus. 

Segundo o Terra apurou, há também alguns integrantes da Pavilhão 9 entre os detidos. Entre eles,  Hugo Nonato e Tiago Aurélio dos Santos Ferreira. Nonato, que viajou até o Japão no final do ano passado para acompanhar a equipe no título do Mundial de Clubes, chegou a postar a seguinte mensagem em seu perfil no Facebook antes de viajar para o duelo contra o San José: "Logo, logo, indo pra Bolívia ver o nosso Todo Poderoso". 

Ferreira também postou uma mensagem fazendo referência à viagem para Oruro, compartilhando a foto de sua companheira Marina Kim, com o passaporte dos dois antes da ida para Bolívia. Marina, por sinal, comentou o assunto no começo da tarde desta quinta-feira. "Cuidado com que vocês falam aí no Brasil. Só quem está aqui na Bolívia sabe o que está acontecendo. Apenas orem por eles, a coisa realmente está feia. Peço a oração de todos os meus amigos pelo Tiago. Logo, logo, ele estará comigo".

Os torcedores presos não têm previsão de liberação. O caso foi encaminhado ao Ministério Público da Bolívia, que tem 24 horas para interrogar os suspeitos e encaminhar um documento à Justiça. O MP pode oferecer advogados aos corintianos. Segundo a polícia boliviana, a embaixada do Brasil em La Paz ainda não fez nenhum contato sobre o ocorrido, nem nenhuma outra autoridade brasileira.

Confira os nomes dos torcedores detidos em Oruro:

- Leandro Silva de Oliveira - 21 anos
- Tadeu Macedo Andrade - 30 anos
- Reinaldo Coelho - 35 anos
- José Carlos da Silva Júnior - 20 anos
- Marco Aurélio Nefeire - 31 anos
- Daniel Silva de Oliveira - 27 anos
- Hugo Nonato - 27 anos
- Clever Souza Clous - 21 anos
- Cleuter Barreto Barros - 24 anos
- Fábio Neves Domingos - 32 anos
- Rafael Machado Castilho Araújo - 18 anos
- Tiago Aurélio dos Santos Ferreira - 27 anos

 

&amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/esportes/infograficos/guia-libertadores-2013/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/esportes/infograficos/guia-libertadores-2013/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;gt;veja o infogr&amp;amp;amp;amp;aacute;fico&amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;gt;

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade