5 eventos ao vivo

Filme lançado em SP conta centenário do Corinthians

28 jul 2010
14h03
atualizado às 17h03

Emanuel Colombari
Direto de São Paulo

Foi exibido nesta quarta-feira, em pré-estreia na cidade de São Paulo, o filme oficial do centenário do Corinthians. Dirigido por Ricardo Aidar e André Garolli, "Todo Poderoso: O Filme - 100 Anos de Timão" entrará em circuito alternativo em 30 de julho. A obra será lançada em DVD no dia 1º de setembro, justamente a data em que o clube completará 100 anos de fundação, com 100 minutos de extras em relação à versão de cinema.

Ao longo dos 100 minutos da primeira versão, a película reúne depoimentos de torcedores (entre eles, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva), ex-jogadores, jornalistas e outras personalidades com forte ligação com o Corinthians. No resultado final, alcançado dois anos depois do início do projeto de Aidar e Garolli, imagens raras e uma descrição detalhada de diversas passagens da história do Corinthians.

"O filme todo demorou dois anos para ser realizado. A gente levou um ano para fazer a pesquisa de imagens, para localizar essas imagens históricas. Se a gente for contar o trabalho todo, são dois anos de trabalho - um ano, se a gente for contar do momento em que o filme começa a se desenhar até a tela", conta Ricardo Aidar. "É uma correria maluca. Para você fazer 100 anos e resumir em 100 minutos, tudo em um período de um ano, é uma loucura. Todo mundo da produtora está no limite", completa.

Para cumprir a missão de contar a história do clube do coração de ambos, Aidar e Garolli reuniram o roteiro idealizado por Celso Unzelte (em conjunto com o próprio Aidar) às imagens de partidas do clube. A tais imagens, somaram-se cenas dirigidas por Garolli, que recriaram alguns do primeiros momentos da equipe, e depoimentos a respeito de jogos, ídolos, conquistas e decepções.

Uma das entrevistas do filme foi feita com Basílio, autor do gol que deu o título do Campeonato Paulista de 1977 ao Corinthians. Responsável por dar fim ao jejum alvinegro de 23 anos, o ex-jogador é um dos destaques da obra, e faz muitos elogios ao resultado final.

"Pude acompanhar na estreia e achei sensacional. Ainda mais nós, que gostamos do clube, podemos observar desde que foi fundado até praticamente hoje. A gente pode rever coisas maravilhosas. Eu me emocionei muito com o Luizinho, com o Vladimir, com a Dirce, a torcedora símbolo. O filme em si narra coisas importantíssimas - não só para os torcedores corintianos. Para quem gostar de saber da história, acho que é muito bonito", elogia Vladimir, que vai além.

"Eu me emociono muito quando vem a pergunta: 'resume o que é o Corinthians'. Você desaba, não tem muito o que falar. O Corinthians é emoção, é amor, é a garra, é esse carinho que permanece com o torcedor - não só comigo, mas com os grandes ídolos. O mais importante disso tudo é que o Corinthians permanece. A bandeira principal é o Corinthians. Nós somos simplesmente aquelas pessoas que passam e deixam o nome registrado na historia do clube", acrescenta

Narrado pelo ator Dan Stulbach e com 45 entrevistados (inclusive rivais como Pelé, Ademir da Guia e Raí), o filme é um lançamento da 20th Century Fox Home Entertainment e produzido pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação com a produtora Canal Azul. O DVD deverá ser vendido a R$ 29,90.

Fonte: Terra
publicidade