9 eventos ao vivo

Idealizador de Gaivotas Fiéis, Felipeh Campos diz sofrer ameaças

21 out 2013
08h28
atualizado em 16/9/2014 às 12h42
  • separator
  • 0
  • comentários

Na última semana, o jornalista Felipeh Campos, torcedor do Corinthians idealizou uma torcida organizada gay para o clube paulista, chamada Gaivotas Fiéis. A reação de alguns torcedores alvinegros ao projeto, porém, não é positiva.

<p>Fundador da primeira torcida gay do Corinthians, Felipeh Campos afirma que vem sendo ameaçado na internet; polícia já foi acionada para identificar responsáveis</p>
Fundador da primeira torcida gay do Corinthians, Felipeh Campos afirma que vem sendo ameaçado na internet; polícia já foi acionada para identificar responsáveis
Foto: Bruno Santos / Terra

"A minha ideia é só que todas as pessoas possam ir ao estádio, sem preconceito. Não esperava a reação que está tendo. Já sofri ameaças pela internet, pela minha rede social e, inclusive, a Polícia Federal está tentando rastrear quem me ameaçou", contou em entrevista à TV Gazeta. 

Para o ex-jogador do Corinthians e da Seleção Brasileira, Vampeta, a torcida do Corinthians - bem como outras torcidas brasileiras - ainda não estaria preparada para a novidade. Quando jogava, Vampeta criou o apelido "bâmbi" para a torcida do São Paulo. 

Veja entrevista com líder de torcida gay do Corinthians

"Muita gente tem parente, amigo gay, que trata normalmente. Eu, por exemplo, tenho uma irmã lésbica. O problema é que quando o pessoal vai no estádio, em grupo, fica valente, e é aí que tem a intolerância. Não é porque é o Corinthians, mas acho que isso pode dar problema para ele", declarou. 

"Chamar são-paulino de bambi é ofensa", diz corintiano gay

Em sua página pessoal, Felipeh Campos afirmou que nesta segunda-feira, o logotipo oficial da nova torcida organizada estará disponível.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade