0

Santistas ignoram revés e "viram a casaca" contra rival: "dá-lhe Boca"

21 jun 2012
01h10
atualizado às 02h46
Klaus Richmond
Direto de São Paulo

Santistas já esperam pela ajuda de um velho conhecido para conter o sonho do Corinthians de conquistar o inédito título da Libertadores da América. Minutos após a eliminação na decisiva semifinal, no Estádio do Pacaembu, torcedores cantavam nas ruas de Santos o grito "dá-lhe Boca, dá-lhe Boca" como mensagem de incentivo aos argentinos que podem confirmar a outra vaga na decisão nesta quinta-feira, diante da Universidad do Chile, em Santiago.

» Veja opções de jogadores para o seu time repatriar no Brasileiro

"Ganhamos três Libertadores, agora vamos descansar um pouco. Sou Boca desde pequeno", disse Antonio Gouveia Júnior, 40 anos, comerciante, que admitiu: "essa derrota doi, perder para os 'gambás' é f...".

Na cidade, corintianos festejaram com buzinaço pelas principais ruas. "Não precisa nem se preocupar. Da final, não passam", ponderou Marcos Souza, 46 anos.

O Santos foi eliminado pela derrota por 2 a 1 na soma do resultado das duas partidas. O Boca, por sua vez, venceu o primeiro jogo na Argentina por 2 a 0 e pode perder por até um gol de diferença para passar. Derrota por dois gols, desde que com placares a partir de 3 a 1 também classifica os argentinos.

Os torcedores demonstraram preocupação, principalmente, com o restante do ano do Santos, que ainda disputa a Recopa Sul-Americana, contra a própria Universidad, e precisará se recuperar no Brasileiro. A maior parte dos santistas aposta em uma arrancada somente para chegar ao G4 e se classificar à próxima Libertadores.

Queda diante do Corinthians "transformou" santistas em torcedores do Boca Juniors
Queda diante do Corinthians "transformou" santistas em torcedores do Boca Juniors
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra
Fonte: K.R.C. DE MELO & CIA. LTDA - ME
publicidade