2 eventos ao vivo

Tite prevê Diniz em grande clube e diz que gostaria de final contra Audax

Técnico do Corinthians elogiou bastante o ousado estilo de jogo do seu adversário na semifinal do Campeonato Paulista

22 abr 2016
12h41
  • separator
  • 0
  • comentários

Reservas do Corinthians imitaram o estilo do Audax no treino desta manhã

O técnico Tite dedicou longos minutos da entrevista coletiva que concedeu nesta sexta-feira para elogiar o Grêmio Osasco Audax, próximo adversário do Corinthians. Previu que o colega Fernando Diniz levará para um grande clube o estilo de jogo que prioriza a troca de passes em detrimento dos lançamentos longos e até imaginou a disputa de uma decisão do Campeonato Paulista contra o adversário, e não de uma semifinal.

“Sim!”, empolgou-se Tite, quando questionado se Diniz é um seguidor da sua escola de futebol. “Mas não é a minha escola. É a escola do futebol brasileiro que premia a triangulação. O Fernando vai treinar time grande logo e terá sucesso”, vaticinou.

Em uma equipe de menor expressão, Fernando Diniz não sofre tanta pressão quando a sua ousadia tática não resulta em vitórias como aquela por 4 a 1 que aplicou no São Paulo nas quartas de final do Campeonato Paulista. O técnico que tem menos de uma década de carreira já avisou que precisaria de tempo para fazer outro time render como o Audax sem ficar tão exposto defensivamente.

Para Tite, ferrenho defensor da paciência de dirigentes com o trabalho dos treinadores, já há grandes equipes brasileiras que praticam um futebol parecido (ele citou o próprio Corinthians) com o da formação de Osasco. O gaúcho, contudo, preparou-se para tirar proveito do estilo audacioso de Fernando Diniz. No treinamento desta sexta-feira, exercitou a marcação sob pressão, com os seus atletas compactados.

“Foi isso mesmo. Mas, sinceramente, não vou ficar externando tudo o que planejamos por causa da grande capacidade do Fernando”, disse Tite, temeroso em dar armas para o adversário. “Estamos atentos às diferentes formas do Audax jogar, não só à triangulação”, avisou.

Com tamanho respeito, Tite valorizou ainda mais a semifinal estadual. “Não é demérito ao Santos nem ao Palmeiras (os outros semifinalistas), mas gostaria de ter enfrentado o Audax na final do campeonato”, sorriu o comandante do Corinthians, exemplo para Fernando Diniz.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade