PUBLICIDADE
Logo do Corinthians

Corinthians

Favoritar Time

Torcida hostiliza e pede saída de Gobbi em evento na Arena

10 mai 2014 - 10h58
(atualizado às 11h20)
Compartilhar
Exibir comentários

O segundo evento-teste na Arena Corinthians, realizado na manhã deste sábado, não contou só com festa. Parte da torcida do time alvinegro presente no evento, principalmente a organizada Gaviões da Fiel, direcionou protestos ao presidente Mário Gobbi, inclusive pedindo a sua saída.

Torcida xingou Mário Gobbi em festa em Itaquera
Torcida xingou Mário Gobbi em festa em Itaquera
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

“Mário Gobbi, c..., fora do Timão”, puxou a organizada enquanto o mandatário estava no gramado. Quando o dirigente assumiu o microfone, os gritos se intensificaram e ficaram mais fortes. Outros torcedores, entretanto, aplaudiram o dirigente.

O mandato do atual presidente do Corinthians recebe intensas críticas nos últimos tempos. Apesar do título da Libertadores de 2012 e do Mundial de Clubes do mesmo ano, os corintianos cobram Gobbi pela má campanha em 2013 e por problemas administrativos. A relação com as organizadas também ficou complicada após a invasão ao CT no início deste ano, quando o presidente fez críticas duras aos invasores, membros das torcidas.

O aviso sobre a modernização do Corinthians, com a chegada de sua Arena, também foi dado pelos corintianos: “ão ão ão, Corinthians é povão”, gritaram. Andrés Sanchez, responsável por organizar a construção da Arena, já afirmou que o estádio contará com ingressos populares.

Mais um protesto ouvido na arquibancada e puxado pela organizada é tradicional desde 2008: “não é mole não, é preto e branco a cor do Coringão”. Dentro do gramado, um dos times compostos por ídolos e ex-jogadores do clube do Parque São Jorge vestia o uniforme amarelo, terceira camisa da equipe para a temporada.

Torcida criticou Gobbi nas redes sociais

Fonte: Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade