3 eventos ao vivo

Coritiba vence o Jotinha e volta à briga pelo título do returno

20 mar 2013
21h31
atualizado às 21h34

O Coritiba voltou para o páreo no returno do Campeonato Paranaense 2013 ao bater o J.Malucelli por 3 a 0, no Ecoestádio Janguito Malucelli, na abertura da quarta rodada. Com o resultado, o Coxa chega aos oito pontos e tira grande parte da diferença para o próprio Jotinha, que entrou em campo como líder, quatro pontos à frete, e agora tem apenas um, podendo ser ultrapassado por Londrina e Atlético-PR.

O Alviverde conseguiu abrir o placar apenas na segunda etapa, aos cinco minutos, com Leandro Almeida, que aproveitou cobrança de escanteio para cabecear para as redes. Lincoln, um dos nomes da partida, ampliou aos 20 minutos, com um belo chute. Leandro Almeida fez mais um, aos 44 minutos, e fechou a contagem.

Na próxima rodada, o J.Malucelli vai a Rolândia, onde no domingo encara o Nacional, no Estádio Erick Georg. Já o Coritiba volta a campo no mesmo dia para enfrentar o Paraná Clube, em clássico marcado para o Estádio Couto Periara, em Curitiba.

O jogo - O Coxa ganhou um desfalque de última hora, já que Alex foi vetado pelo departamento médico por conta de uma virose. Mesmo sem seu principal jogador, o Alviverde começou tentando impor seu ritmo. Aos seis minutos, Júlio César recebeu cruzamento e testou firme, pela linha de fundo. Um minuto depois, Rafinha rolou pra Gil, que bateu para defesa tranquila de Edvaldo.

O Jotinha tocava bem a bola e, aos 12 minutos, deu seu primeiro chute a gol com William, que parou em defesa de Vanderlei. Na resposta, aos 17 minutos, Lincoln apareceu com liberdade na área e desviou de cabeça para boa intervenção de Edvaldo. As ações ficavam pelo meio-campo, com poucas oportunidades de gols para os dois lados, que não conseguiam penetrar na respectiva defesa adversária.

Na base do contra-ataque, o J.Malucelli chegou bem com o artilheiro Potita, que chutou colocado para grande defesa de Vanderlei, que afastou o perigo com um tapa. Júlio César respondeu com uma bomba, aos 33 minutos, que parou no camisa 1 do Jotinha. Boa torça de bola no ataque coxa-branca, aos 37 minutos, terminado no cabeceio de Patric, que parou em Edvaldo.

Na segunda etapa, nenhuma novidade nas equipes na volta do vestiário. Aos dois minutos, Rafinha partiu para a jogada individual, levou a defesa, mas foi travado na hora certa antes de entrar na área. Aos quatro minutos, Júlio César chutou cruzado, a bola desviou na zaga e saiu em escanteio. O Coxa retornou com mais disposição. Até que, aos cinco minutos, Leandro Almeida aproveitou cobrança de escanteio para subir no segundo andar e testar para o fundo do gol.

O gol deu tranquilidade ao time alviverde, que passou a tocar mais a bola e esperar uma chance para matar a partida. Aos 20 minutos, Lincoln ajeitou a bola com categoria e fuzilou para as redes para ampliar a vantagem. Aos 26 minutos, Eltinho também tentou deixar sua marca, com um chute de longe, mas sem sucesso, pela linha de fundo.

O Coritiba era superior e estava mais próximo do terceiro gol do que o Jotinha do primeiro. O técnico Sandro Forner queimou todas as alterações, mas o time da casa não repetia a mesma apresentação das rodadas anteriores. Aos 36 minutos, cruzamento na medida para Arthur que, mesmo bem posicionado, perdeu a chance. Emerson Santos, aos 40 minutos, passou pela defesa como quis e fuzilou para outra defesa de Edvaldo. Mas, aos 44 minutos, Leandro Almeida fez mais um para fechar a contagem.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade