1 evento ao vivo

Após morte do caçula, irmãos Touré permanecem no Brasil

20 jun 2014
19h21
atualizado às 19h55
  • separator
  • 0
  • comentários

Os irmãos Kolo e Yaya Touré decidiram, na tarde desta sexta-feira, em Águas de Lindoia, interior de São Paulo, continuar com o restante do elenco da Costa do Marfim, no Brasil, para a disputa do jogo contra a Grécia, na próxima terça-feira. Os dois jogadores perderam o irmão caçula Ibrahim, 28 anos. O grupo fez uma oração no gramado e depois Yaya foi liberado das atividades, enquanto Kolo correu com seus companheiros em volta do campo.

<p>A not&iacute;cia da morte do ca&ccedil;ula dos Irm&atilde;os&nbsp;Tour&eacute; foi divulgada&nbsp;nesta sexta-feira</p>
A notícia da morte do caçula dos Irmãos Touré foi divulgada nesta sexta-feira
Foto: AFP

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

O meia do Manchester City vivia na mesma casa que Ibrahim e ficou muito abalado com a notícia. O técnico da seleção marfinense, Sabri Lamouchi, elogiou a atitude de seus atletas: "Trata-se de uma tragédia para a delegação. É muito triste, mas eles escolheram ficar. Isso é muito importante para o grupo."

O clima na hora do almoço era triste entre os jogadores. Com uma vitória (2 a 1 contra o Japão) e uma derrota (2 a 1 para a Colômbia), a Costa do Marfim depende de si própria para conquistar a vaga nas oitavas de final.

A "decisão" contra a Grécia acontece na próxima terça-feira, dia 24, às 17 horas, na Arena Castelão, em Fortaleza. Mesmo horário do duelo entre Japão e Colômbia. Uma vitória simples leva a Costa do Marfim à fase seguinte e até mesmo um empate pode servir aos africanos, desde que os japoneses não vençam os sul-americanos na Arena Pantanal.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade