0

Técnico do Criciúma cobra mais cinco reforços de "Série A"

8 fev 2013
15h52
atualizado às 16h13
  • separator
  • comentários

Após as saídas do zagueiro Ozéia, do volante França e do atacante Zé Carlos, além do início irregular no Campeonato Catarinense, o time do Criciúma precisa de reforços, principalmente em seus sistemas defensivo e ofensivo. Pelo menos é o que afirmou o técnico Paulo Comelli, que pediu novas "peças".

"O nosso grupo é muito pequeno. Nós precisamos, ainda no Estadual, trazer pelo menos cinco jogadores de nível ‘Série A’. As nossas prioridades são, neste momento, um jogador de referência ao ataque e um zagueiro", analisou o treinador do Tigre.

Ainda sobre a linha de frente, Comelli foi adiante. "Sabemos que precisamos de um atacante de referência, pois temos apenas o Giancarlo. Esperamos um jogador de qualidade, que esteja ou no Brasil ou mesmo no exterior, ou então em um time grande onde não vem sendo aproveitado", definiu o comandante.

Na quarta colocação do Catarinense, com oito pontos, sete a menos do que a líder da competição, a Chapecoense, o Criciúma volta a campo apenas no dia 17, no clássico com o Joinville, fora de casa. Neste final de semana, os jogadores recebem folgas de Carnaval.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade