1 evento ao vivo

Imprensa croata critica arbitragem de japonês: "roubo"

13 jun 2014
08h11
atualizado às 09h01
  • separator
  • comentários

A imprensa croata criticou duramente nesta sexta-feira a arbitragem "injusta" do japonês Yuichi Nishimura na partida de abertura da Copa do Mundo, na qual a seleção do país foi derrotada por 3 a 1 pelo Brasil, em São Paulo.

<p>Yuichi Nishimura marcou pênalti polêmico em Fred e revoltou os croatas</p>
Yuichi Nishimura marcou pênalti polêmico em Fred e revoltou os croatas
Foto: Ivan Alvarado / Reuters

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

"Injustiça!", "Vergonha!", "Arruinados pelo árbitro de forma vergonhosa", afirmam as manchetes dos principais jornais do país dos Bálcãs, que criticam especialmente o "pênalti inventado" em Fred.

O lance aconteceu na metade final do segundo tempo, quando o jogo estava empatado por 1 a 1, e Fred, de costas, apoiou-se sobre o zagueiro Lovren, sentiu o contato e deixou o corpo cair. Neymar converteu a penalidade que deixou o Brasil em vantagem, antes de Oscar anotar o terceiro gol nos acréscimos.

"O japonês cravou um sabre no coração croata", afirmou o analista Tomislav Zidak em sua coluna no jornal Jutarnji List, na qual afirma que foi "um roubo e um erro incrível e indesculpável". "Talvez deveríamos ter felicitado os brasileiros no minuto 70 da partida por seu sexto título mundial", acrescentou com ironia, dando a entender que o Brasil vencerá a Copa com a ajuda externa.

"Neymar e o japonês Nishimura quebraram o grande sonho da Croácia", afirma o jornal esportivo Sportske Novosti. "A Croácia começou muito bem a partida na Arena Corinthians após o gol contra de Marcelo. Mas o Brasil despertou e mudou a tendência do jogo com a ajuda do árbitro", completa a publicação.

O jornal destaca um jogo "sólido" do time comandado pelo técnico Niko Kovac, que "mostrou que a equipe pode ser levada em consideração para o torneio". Para Vecernji List, "após esta derrota, o orgulho segue intacto".

A Croácia enfrentará na segunda rodada do Grupo A a seleção de Camarões, no dia 18 de junho, e terminará a participação na primeira fase contra o México no dia 23.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • comentários
publicidade