2 eventos ao vivo

Cruzeiro apresenta atacantes Rafael Silva e Douglas Coutinho

7 jan 2016
17h22
  • separator
  • 0
  • comentários

O Cruzeiro apresentou, nesta quinta-feira, os atacantes Rafael Silva e Douglas Coutinho como reforços para 2016. O primeira estava no Vasco e assina contrato por dois anos, enquanto que o segundo chega emprestado pelo Atlético-PR por um ano, com possibilidade de prorrogação do vínculo por mais uma temporada.

Com passagem pelas categorias de base do clube celeste, entre seus 13 e 16 anos, Douglas Coutinho explicou os motivos que o fizeram não continuar na Toca da Raposa e ressaltou a sua alegria de voltar a vestir a camisa cruzeirense, agora nos profissionais.

“Um dos motivos que me fez sair do Cruzeiro é que vim muito novo, tinha a responsabilidade de cuidar da minha família, dois irmãos mais novos. Minha avó faleceu. Não tive cabeça para jogar. O clube me deu assistência, mas não consegui continuar. Para mim, é a realização de um sonho estar aqui novamente, por mim e pela minha avó. Estar voltando aqui é uma honra. Tive proposta de outros clubes. Mas o Cruzeiro está dentro dos meus planos”, destacou.

Em sua apresentação, Douglas Coutinho, de 21 anos, recebeu a camisa do Cruzeiro de um dos maiores jogadores do clube celeste, Dirceu Lopes, e salientou seu desejo de brigar por um lugar na Seleção Brasileira, que disputará as Olimpíadas do Rio de Janeiro, neste ano.

“Não tenho nem o que falar dele (Dirceu Lopes). Primeira vez que o vi fiquei assim 'será que é ele mesmo'. Um sonho tudo que estou vivendo. Tenho que fazer por onde. Se eu fizer metade do que ele fez está bom”, colocou.

“Minha posição de origem é centroavante, mas, por ser veloz, sou utilizado também pelas beiradas. Estou bastante motivado e preparado para estrear. Sou um jogador jovem, tenho muito para dar ao clube. Tenho meus objetivos. Quero ajudar. Se vier seleção olímpica, virá naturalmente”, disse o centroavante que, em 2014, no seu melhor momento pelo Atlético-PR, chegou a ser convocado para a seleção sub-21 do Brasil.

Ao contrário de Coutinho, Rafael Silva não passou pelo Cruzeiro, mas exatamente em uma partida contra a Raposa que o atacante ganhou pontos com a diretoria cruzeirense. No Brasileirão do ano passado, quando estava no Vasco, o jogador marcou duas vezes contra a equipe celeste no empate por 2 a 2 entre mineiros e carioca, no Mineirão.

“Expectativa é das melhores, sonho de todo mundo vestir a camiseta de um grande clube como o Cruzeiro, com grandes jogadores. Se o presidente estava interessado, ali, naquele jogo (2 a 2), ele concretizou o desejo dele. Fui feliz naquela ocasião com dois gols. Foi uma grande exibição e espero repetir isso agora pelo Cruzeiro”, ressaltou o atacante, que comentou sobre o perfil veloz do ataque cruzeirense para 2016.

“Os times anteriores do Cruzeiro eram envolventes. O Dedé disse que agora só tem jogador rápido na frente. Esperamos usar velocidade a nosso favor”, completou.

Artilheiro do Vasco na temporada passada, com dez gols marcados, o atacante de 25 anos espera ser importante na melhora do rendimento ofensivo do Cruzeiro neste ano, tendo em vista o desempenho abaixo do esperado do ataque celeste em 2015.

“Sempre me senti bem pelas beiradas do campo, mas do meio para frente fui utilizado em todas posições, centroavante, segundo atacante. Onde o professor Deivid me colocar, me sentirei bem. O Cruzeiro foi campeão, em 2013 e 2014, e agora faltaram mais gols, mas o ataque foi bem também. Sou um atacante capacitado e chego para somar”, afirmou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade