0

Cruzeiro derrota Tupi, vence a 1ª no Mineiro e ameniza crise

12 fev 2012
18h56
atualizado às 21h52

Em meio a uma crise que culminou com a saída do diretor de futebol Dimas Fonseca, o Cruzeiro amenizou as turbulências e venceu neste domingo sua primeira partida pelo Campeonato Mineiro de 2012. Atuando na Arena do Jacará, em Sete Lagoas, a equipe venceu o Tupi por 3 a 0.

» Confira a transformação física de Ronaldo, Adriano e outros jogadores
» Por onde anda: veja jogadores de renome em times pelo Brasil

O gol que abriu o placar do confronto foi marcado logo aos 3min do primeiro tempo. Após falta sofrida por Montillo, Roger cobrou com perfeição para que Wellington Paulista desviasse a bola de cabeça, balançando as redes do goleiro Rodrigo.

Na segunda etapa, Anselmo Ramon aumentou a vantagem com gols aos 23min e aos 25min: o primeiro foi com um toque por baixo do goleiro, após passe de Rudnei; o segundo de cabeça, aproveitando cruzamento de Marcos.

O duelo marcou a estreia de Walter com a camisa azul. O atacante revelado pelo Internacional estava no Porto e entrou aos 15min do segundo tempo no lugar de Wellington Paulista.

O Cruzeiro havia estreado no Mineiro em 5 de fevereiro, quando perdeu também na Arena do Jacaré para o Guarani-MG por 1 a 0. O jogo, que incluiu pedidos de torcedores pela contratação do técnico Vanderlei Luxemburgo para o lugar de Vágner Mancini, manteve o clube celeste em um mau momento que se estende desde o ano passado, no qual o time só conseguiu evitar o rebaixamento à segunda divisão na última rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, a equipe de Belo Horizonte passa a somar três pontos e a dividir a sétima posição do Estadual com o América de Teófilo Otoni. Já o Tupi conhece a terceira derrota em seis jogos e só está a frente do Democrata, de Governador Valadares, nos critérios de desempate.

O líder da competição é o Atlético-MG, que no sábado manteve o 100% de aproveitamento dos pontos após três rodadas ao bater em casa a Caldense por 2 a 0.

O Cruzeiro, que tem uma partida a menos que o arquirrival, volta a campo no próximo dia 16, em visita ao Nacional-MG no Estádio Farião, em Divinópolis. O Nacional não poderá atuar em casa devido às obras na Arena do Calçado, em Nova Serrana ¿ por causa do atraso no estádio o jogo, que deveria acontecer em 29 de janeiro, foi adiado em comum acordo entre os clubes. Já o Tupi atua de novo no próximo sábado, recebendo o Uberaba no Mario Heleno.

O jogo

A ordem no Cruzeiro foi esquecer a turbulência pelo anúncio, pouco antes de a bola rolar, da saída de Dimas Fonseca da função de diretor de futebol. Em apenas quatro minutos, o clube de Belo Horizonte abriu o placar. Roger cobrou falta da direita e encontrou Wellington Paulista livre na área para cabecear.

O Cruzeiro tinha domínio amplo em campo. Com liberdade, Roger assustou o goleiro adversário em um arremate aos 14 minutos. Pouco depois, foi a vez de Victorino tentar uma cabeçada e observar o corte da defesa.

O Tupi respondeu somente aos 28 minutos. A finalização de George acabou defendida sem grandes problemas por Fábio. Contudo, o Cruzeiro seguia superior e, até o intervalo, ainda teve outra chance de marcar: Anselmo Ramon cabeceou para a defesa de Rodrigo.

O segundo tempo começou um lance fantástico proporcionado pelo goleiro Fábio para salvar o Cruzeiro do empate. No chute de longe de Michel Cury, o arqueiro desviou e observou a bola tocar na trave. Na sobra, ele ainda defendeu a conclusão de Ademílson.

O jogo estava mais complicado para o Cruzeiro. Após ver o Tupi criar duas chances, o técnico Vágner Mancini decidiu promover a entrada do atacante Valter no lugar de Wellington Paulista e ouviu gritos de "burro" da torcida.

No momento de maior dificuldade em campo, apareceu o oportunismo de Anselmo Ramos. Em dois minutos, o centroavante marcou duas vezes, uma vez com o pé esquerdo e outra de cabeça, e definiu a fatura.

Confira os resultados do Campeonato Mineiro neste domingo:
Cruzeiro 3 x 0 Tupi
Villa Nova-MG 2 x 1 América (Teófilo Otoni)
Uberaba 5 x 0 Democrata-GV
Boa E.C. 0 x 0 Guarani-MG

Ficha técnica

CRUZEIRO 3 x 0 TUPI

Gols
CRUZEIRO: Wellington Paulista, aos 3min do primeiro tempo. Anselmo Ramon, aos 23min e aos 25min do segundo tempo

CRUZEIRO: Fábio; Marcos, Léo, Victorino e Diego Renan; Leandro Guerreiro, Marcelo Oliveira (Rudnei), Montillo e Roger; Wellington Paulista (Walter) e Anselmo Ramon
Treinador: Vágner Mancini

TUPI: Rodrigo; Flávio (Carlão), Wesley Ladeira, Fabrício Soares e Henrique; Jailton (Ulisses), Léo Salino (Paulinho), George e Michel Cury; Ademílson e Allan
Treinador: Moacir Júnior

Cartões amarelos
CRUZEIRO: Montillo e Roger
TUPI: Wesley Ladeira, Henrique e Michel Cury

Árbitro
Adriano Alves de Oliveira (MG

Local
Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)




Fonte: Terra
publicidade