0

Dilma reclama de racismo e diz que está fechada com Tinga

13 fev 2014
09h31
atualizado às 09h39
  • separator
  • 0
  • comentários

Depois que Tinga, jogador do Cruzeiro, foi alvo de racismo na Copa Libertadores, a presidente Dilma Rousseff resolveu se manifestar sobre o caso. Ela reclamou do episódio pelo Twitter e usou uma hashtag que virou sucesso na rede social: #FechadoComOTinga.

<p>Tinga sofreu com torcedores peruanos, que imitaram um macaco</p>
Tinga sofreu com torcedores peruanos, que imitaram um macaco
Foto: AP

O caso de racismo aconteceu nesta quarta-feira, no jogo entre Cruzeiro e Real Garcilaso. Torcedores peruanos imitaram macaco desde que Tinga entrou em campo, durante o segundo tempo.

Foi lamentável o episódio de racismo contra o jogador Tinga, do Cruzeiro, no jogo de ontem, no Peru. Ao sair do jogo, Tinga disse q trocaria seus títulos por um mundo c/ igualdade entre as raças", lembrou Dilma, antes de apoiar o protesto no Twitter.

Cada vez mais ativa nas redes sociais, Dilma ainda aproveitou para falar sobre a Copa do Mundo: "Acertei com a ONU e a FIFA, que a nossa #CopaDasCopas também será a #CopaContraORacismo. Porque o esporte não deve ser jamais palco para o preconceito", concluiu a presidente.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade