1 evento ao vivo

Mano aceita proposta chinesa e anuncia saída do Cruzeiro

2 dez 2015
13h34
atualizado às 13h48
  • separator
  • comentários

Mano Menezes não será o técnico do Cruzeiro na próxima temporada. Após conversar com seus familiares, o treinador confirmou, nesta quarta-feira, junto à diretoria cruzeirense, sua saída do clube celeste para o futebol chinês, onde comandará o Shandong Luneng.

O treinador deve se despedir em definitivo do clube mineiro no próximo domingo, quando comandará o Cruzeiro na última partida da equipe no ano, contra o Internacional, às 17h (de Brasília), no Beira-Rio.
O treinador deve se despedir em definitivo do clube mineiro no próximo domingo, quando comandará o Cruzeiro na última partida da equipe no ano, contra o Internacional, às 17h (de Brasília), no Beira-Rio.
Foto: Divulgação/Light Press

Segundo informações de bastidores, Mano Menezes recebeu uma oferta irrecusável de time chinês, onde receberá um salário de aproximadamente R$ 1,5 milhão mensal. Para tirar o treinador do Cruzeiro, o Shandong teve que pagar a multa rescisória do técnico junto ao clube celeste, avaliada em cerca de R$ 7 milhões.

O treinador deve se despedir em definitivo do clube mineiro no próximo domingo, quando comandará o Cruzeiro na última partida da equipe no ano, contra o Internacional, às 17h (de Brasília), no Beira-Rio. Ainda nesta quarta-feira, depois do treinamento da tarde, Mano Menezes concederá entrevista coletiva e explicará os motivos de sua saída para o futebol chinês.

 “Lua de mel” encerrada – Contratado como substituto do técnico Vanderlei Luxemburgo, Mano Menezes chegou ao Cruzeiro, no começo de setembro, para livrar o clube daquela que ele preferiu chamar de uma “situação emergencial”, tendo em vista que a Raposa estava na 16ª colocação do Brasileiro, a apenas um ponto da zona de rebaixamento.

Três meses depois, o cenário mudou completamente, e a torcida passou a viver uma verdadeira lua de mel com o novo treinador. Com uma reação espetacular, o Cruzeiro, sob o comando de Mano, eliminou qualquer risco de rebaixamento e ainda chegou a brigar por uma vaga na Libertadores no final do Brasileirão.

Em sua primeira passagem pelo clube mineiro, o treinador acumula 15 partidas pela Raposa, com oito vitórias, seis empates e uma única derrota, alcançando um aproveitamento de 66,6%.

Além do ótimo rendimento, Mano Menezes levou o Cruzeiro a ficar 13 jogos sem perder no Campeonato Brasileiro, quebrando o recorde de invencibilidade do clube na era dos pontos corridos. Tomando-se em conta todos os Brasileirões, a sequência invicta de Mano merece também destaque, sendo, até o momento, a quarta maior sequência da Raposa em toda a história da competição.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade