publicidade
02 de janeiro de 2010 • 17h40

Presidente do Cruzeiro sonha com título Mundial em 2010

Kléber é uma das apostas do Cruzeiro no ano
Foto: Gazeta Press
 

O presidente do Cruzeiro Zezé Perrella já fez seu pedido para 2010. Neste sábado, dia do aniversário de 89 anos do clube, o dirigente disse que sonha com o título mundial.

"Por duas vezes o Cruzeiro esteve perto. Uma vez disputou contra o Borussia e perdemos. E estivemos muito perto de participar agora. É o único título que nos falta. Todos os títulos o Cruzeiro conquistou. É o grande sonho de todo cruzeirense e é também o nosso sonho", disse Perrella à TV do Cruzeiro.

E para que o único troféu que falta ao clube seja conquistado ainda este ano, Perrella conta com o apoio do torcedor durante toda a temporada. O dirigente atribui a torcida como um dos responsáveis direto pela classificação para a Libertadores deste ano, conseguida na última rodada do Brasileiro.

"Eu acho que o grande responsável pela virada que nós demos e por termos conseguido a classificação foi o torcedor, que nunca deixou de acreditar. Então, o torcedor do Cruzeiro é que fez esse clube grande como ele é. Não é à toa que o Cruzeiro foi aí ungido como o maior clube brasileiro do século 20", concluiu.

Moacir

O staff do lateral direito/volante Moacir, do Sport, diz que não recebeu proposta alguma do Cruzeiro pelo jogador. Gilson Medeiros, um dos agentes do atleta, afirmou que ficou sabendo do suposto interesse do clube mineiro pela imprensa e que o provável destino do jogador será o Corinthians.

A BWA, detentora de 45% dos direitos econômicos de Moacir, também confirmou que não foi procurada por ninguém do clube celeste. Os dirigentes cruzeirenses teriam feito apenas um contato informal por meio de empresários ligados ao Sport.

Lancepress!