3 eventos ao vivo

“Seria importante para mim”, diz Cuéllar sobre ida para o Cruzeiro

23 dez 2015
19h47
  • separator
  • 0
  • comentários

O Cruzeiro espera apena o aval do Deportivo Cali para anunciar a contratação do volante colombiano Gustavo Cuéllar, atualmente emprestado ao Junior Barranquilla. Com 23 anos, o jogador define a possibilidade de atuar no “melhor futebol do mundo” como um grande passo na carreira e espera que as negociações alcancem um desfecho positivo.

“Quero obviamente avançar em minha carreira como jogador, avançar como pessoa. Creio que seria um passo importante atuar no melhor futebol do mundo, que é o brasileiro, em minha opinião. Seria importante estar num futebol que é mais observado, seria um passo para a Europa, o sonho de todos os jogadores. Então confio em Deus, que seja o melhor para mim. Se não ocorrer, que as coisas aconteçam com tranquilidade em seu tempo”, disse o volante à Rádio Caracol, da Colômbia.

O Junior Barranquilla, clube onde Cuéllar está emprestado, decidiu repassar a sua prioridade de compra de 70% dos direitos econômicos do jogador ao Cruzeiro. Para que a transação seja validada, basta a liberação do Deportivo Cali, dono do passe do volante, que, por meio de seu presidente, já deixou claro o desejo de permanecer com os 30% restantes do atleta, visando lucrar com uma possível transferência.

“Há uma possibilidade que ainda não se concretizou. Deportivo Cali está analisando, eles têm a última palavra e esperamos que ocorra o melhor para mim, para ambos os clubes e obviamente para minha família”, colocou Cuéllar que, segundo o portal Superesportes, já teria acertado as bases salariais com o Cruzeiro.

Revelado pelo Deportivo Cali, em 2009, Gustavo Cuéllar apresentou certo destaque em sua passagem pelo seu clube formador, onde conquistou os títulos da Copa da Colômbia, em 2010, e Superliga da Colômbia, em 2014. Contudo, um desentendimento com a comissão técnica fez o jogador, de 1,76 metros de altura, ser emprestado ao Junior Barranquilla.

Nos “Tiburones” desde 2014, o volante desabrochou de vez e virou titular absoluto na equipe de Barranquilla. Neste ano, Cuéllar conquistou a Copa da Colômbia e foi vice-campeão colombiano na decisão contra o Atlético Nacional.

A evolução de Gustavo Cuéllar no Junior Barranquilla acabou culminando em seguidas convocações para a seleção colombiana neste ano. Com passagens por todas as equipes de base de seu país, o volante foi chamado pelo técnico José Peckerman para cinco jogos da Colômbia em 2015, sendo quatro deles válidos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade