3 eventos ao vivo

Torcida mineira faz "duelo" de gritos antes de jogo e xinga Galvão

24 abr 2013
22h09
atualizado em 25/4/2013 às 02h01
  • separator
  • 0
  • comentários

Em Minas Gerais, a Seleção Brasileira viveu um clima de clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro, nesta quarta-feira, antes do amistoso contra o Chile. Afinal, enquanto uma torcida tentou exaltar Ronaldinho, a outra respondeu apoiando Dedé, contratado recentemente pelo Cruzeiro. Os dois lados só cantaram juntos em dois momentos: quando a intenção foi ofender Galvão Bueno, narrador da Rede Globo; ou para vaiar a equipe nacional, que jogou mal e apenas empatou a partida por 2 a 2.

<p>Ronaldinho foi bastante apoiado por parte da torcida no Mineirão</p>
Ronaldinho foi bastante apoiado por parte da torcida no Mineirão
Foto: Bruno Santos / Terra

Os gritos de "Ei, Galvão, vai tomar no c..." surgiram cedo, mas foram esquecidos no momento em que começou o aquecimento dos atletas da Seleção. Foi quando os atleticanos começaram a provocar com "eô eô, Ronaldinho é um terror". Porém, os cruzeirenses presentes no Mineirão responderam: "p... que o pariu, é o melhor zagueiro do Brasil, Dedé".

Quando as escalações apareceram no telão, o clima de clássico continuou, já que tanto Dedé quanto Ronaldinho receberam aplausos e vaias dos torcedores. E um momento inusitado ainda voltou a ocorrer durante o hino: no trecho "a imagem do Cruzeiro resplandece", a torcida celeste berrou mais alto para fazer uma referência ao time. Como resposta, os atleticanos chegaram a cantar o hino do clube, pouco antes de a bola rolar no Mineirão.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade