1 evento ao vivo

Dia brasileiro tem pódio triplo, ouro inédito e desclassificações

5 set 2012
21h25
atualizado às 21h25

O Brasil deu show nesta quarta-feira, com um pódio totalmente verde e amarelo nos 100 m T11, com Terezinha Guilhermina, Jerusa Santos e Jhulia Santos. Ainda no atletismo, o País sofreu com desclassificações nas categorias de revezamento 4x100 m T42/46 e T11/13. A surpresa do dia ficou por conta de Jovane Guissone, que conquistou o ouro inédito na esgrima em cadeira de rodas.

» Acompanhe o quadro de medalhas dos Jogos Paralímpicos
» De bocha a goalball, conheça os esportes da Paralimpíada
» Confira dez curiosidades sobre a Paralimpíada

Atletismo

Com Terezinha em primeiro lugar quebrando o próprio recorde mundial dos 100 m rasos T11, o País viu o pódio ser completo pelas outras duas representantes na disputa: Jerusa Santos e Jhulia Santos, que terminaram com prata e bronze, respectivamente. Pódio triplo brasileiro em Londres.

No reencontro de Pistorius e Fonteles, o Brasil fechou a prova do revezamento 4x100 m T42/46 em segundo, mas pouco depois teve a desclassificação decretada pela organização. Já o sul-africano garantiu o primeiro lugar no pódio para seu país.

O Brasil também foi desclassificado nos 4x100 m T11/13. Daniel Silva e Lucas Prado, últimos atletas do time, teriam errado na passagem do bastão, o que culminou na eliminação da equipe.

Com o último tempo entre as oito classificadas, a carioca Viviane Soares avançou para a final dos 100 m rasos T13.

A brasileira Sheila Finder terminou na quinta posição na final dos 100 m T46, ocorrida na tarde desta quarta-feira, e acabou fora do pódio da categoria.

Esgrima

Ao derrotar Chick Sum Tam, de Hong Kong, por 15 a 14, o brasileiro Jovane Guissone subiu, pela primeira vez na história da esgrima em cadeira de rodas, no lugar mais alto do pódio para receber o inédito ouro paralímpico.

Natação

O brasileiro André Brasil entrou na piscina para disputar os 400 m S10 buscando sua quinta medalha nos Jogos. Atual campeão recordista paralímpico da prova, ele liderou durante os primeiros 150 m, mas foi ultrapassado e terminou no quarto lugar, ficando de fora do pódio na categoria.

Na final dos 100 m costas S12, a brasileira Raquel Viel ficou apenas na sétima posição. Já na primeira metade da final dos 100 m peito SB5, o brasileiro Adriano de Lima deu mostras de que poderia brigar por uma medalha. Porém, ele acabou se afastando após a virada e terminou a prova na sétima colocação.

Classificações
O brasileiro José de Oliveira se classificou para as quartas de final da Bocha classe C1 ao derrotar o sul-coreano Kwang-Min Ji no tie-break.

Ainda na bocha, pela classe C3, Daniele Martins estreou vencendo o sueco Christoffer Hagdahl por 6 a 2. Nas oitavas de final, mais uma vitória, desta vez contra a tailandesa Tanimpat Visaratanutna, por 7 a 2. Maciel Sousa Santos teve um bom desempenho na estreia pela classe C2 e bateu o espanhol Pedro Cordero Martin por 9 a 1.

A Seleção Brasileira masculina de goalball venceu a Bélgica por 3 a 0 e garantiu vaga na semifinal do torneio paralímpico. Romário, com dois gols, foi o destaque do Brasil em quadra.

A vitória no tênis de mesa veio com a equipe feminina da classe 6-10, que superou a Holanda por 3 a 2 e avançou para as quartas de final.

A Seleção Brasileira masculina de futebol de 7 empatou com a Ucrânia, por 1 a 1, em partida válida pela terceira rodada do Grupo B dos Jogos Paralímpicos. O resultado colocou o Brasil nas semifinais da modalidade.

Eliminações
Na manhã desta quarta-feira, o time verde e amarelo de tênis de mesa foi eliminado das disputas das classes 1-2 e 4-5 por equipes e, dessa forma, permanece sem medalhas na modalidade.

A única derrota do dia na bocha foi de Natali Mello de Faria, da C2, que acabou sendo atropelada pelo japonês Takayuki Hirose, por 12 a 0, e acabou eliminada da competição.

Competindo no tiro esportivo carabina 50 m - 3 posições classe SH-1, Carlos Garletti terminou na 15ª colocação e encerrou sua participação em Londres.

A Seleção Brasileira masculina de vôlei sentado perdeu para a Rússia, de virada, por 3 sets a 2, em partida válida pelas quartas de final, e foi eliminada da competição.

As brasileiras do goalball estão eliminadas do torneio paralímpico. A derrota por 2 a 0 para o Japão, nas quartas de final, decretou o "adeus" do Brasil da competição.

Ciclismo

Os brasileiros Soelito Gohr e João Schwindt terminaram a prova de estrada do contra relógio individual C5 na zona intermediária. Enquanto Soelito ficou em 7º, João terminou na 9ª posição

Vela

A dupla brasileira formada pelo ex-goleiro do São Paulo Bruno Landgraf e Elaine Cunha conseguiu o 10º e o 11º lugar nas duas regatas da classe SKUD18 da vela e continua na última posição no geral.

Doping no halterofilismo brasileiro

O Comitê Paralímpico Internacional (IPC) informou nesta quarta-feira que o halterofilista brasileiro Bruno Carra foi suspenso por nove meses por doping.

<iframe src=" http://www.terra.com.br/esportes/jogos-olimpicos/infograficos/numeros/info.htm" frameborder="0" scr



Terezinha Guilhermina, Jerusa Santos e Jhulia Santos formaram o pódio brasileiro nos 100 m T11
Terezinha Guilhermina, Jerusa Santos e Jhulia Santos formaram o pódio brasileiro nos 100 m T11
Foto: Fernando Borges / Terra
Fonte: Terra
publicidade