0

Djokovic supera começo ruim e avança em dia prejudicado por chuva

27 jun 2013
16h32
atualizado às 16h40

Único campeão de Wimbledon vivo após as eliminações precoces de grande parte dos favoritos, Novak Djokovic segue firme no Grand Slam inglês. Nesta quinta-feira, o número 1 do mundo superou início de partida irregular para vencer o norte-americano Bobby Reynolds por 3 sets a 0, em parciais de 7/6 (7-2), 6/3 e 6/1.

Na terceira rodada, Djokovic terá pela frente o vencedor da partida entre o cabeça-de-chave francês Jeremy Chardy e o alemão Jan-Lennard Struff. Os dois se enfrentavam nesta quinta-feira, mas tiveram o confronto adiado devido ao mau tempo em Londres. No momento da pausa, o 25º favorito ao título perdia por 1/2 no terceiro set, após vencer a primeira parcial por 6/2 e ceder o empate com 5/7.

Já Reynolds é o último norte-americano a cair em Wimbledon. É a primeira vez desde 1911 que nenhum representante dos Estados Unidos alcança a terceira rodada do Grand Slam de grama inglês.Além da partida entre Chardy e Struff, outros jogos foram adiados no quarto dia de disputas no All England Club. Entre eles estão o confronto espanhol entre David Ferrer e Roberto Bautista Agut e o duelo entre o alemão Tommy Haas e o taiwanês Jimmy Wang.

Enquanto isso, três partidas tiveram que ser interrompidas em seu decorrer. Pior para Grigor Dimitrov e Grega Zemlja, que faziam emocionante quinto set em que o búlgaro sacava para empatar em 9/9 e seguir vivo na luta por vaga na terceira fase. Enquanto isso, Alexandr Dolgopolov vencia o colombiano Santiago Giraldo por 6/4 e 3/0 no momento da interrupção.

Entre as mulheres, Angelique Kerber, Urszula Radwanska e Laura Robson sequer iniciaram seus compromissos. Já nas duplas, os brasileiros André Sá e Marcelo Demoliner foram prejudicados e não entraram em quadra para enfrentarem os irmãos norte-americanos Mike e Bob Bryan.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade