0

Equipe da Rede Globo é expulsa durante protestos contra Copa

30 jun 2013
17h00
atualizado às 17h22
  • separator
  • comentários

Manifestantes que se concentram na Praça Saens Peña, na Tijuca, zona norte do Rio, hostilizaram uma equipe da Rede Globo que fazia a cobertura jornalística de mais um protesto contra a realização de grandes eventos esportivos no Brasil, como a Copa das Confederações e Copa do Mundo. Ao avistarem o repórter Vandrey Pereira, os manifestantes começaram a gritar palavras de ordem contra a emissora.

<p>Manifestantes que estão na Tijuca chutaram carro da Rede Globo</p>
Manifestantes que estão na Tijuca chutaram carro da Rede Globo
Foto: Monica Garcia / Artevista Comunicação, Assessoria e Empreendimentos Culturais Ltda - Especial para o Terra

Confira todos os vídeos da Copa das Confederações

Os jornalistas foram obrigados a se retirar, depois de um grupo de policiais escoltar a equipe da Globo. O carro da emissora, descaracterizado, ainda chegou a ser chutado por algumas pessoas. Outros manifestantes ameaçaram outros jornalistas em meio a confusão.

Milhares de pessoas permanecem no local. Eles pretendem caminhar até o estádio do Maracanã, que tem forte bloqueio policial em todo o seu entorno.

Representante da Comissão de Direitos Humanos da OAB-RJ, André Borges defendeu a atitude dos manifestantes, que quase agrediram o repórter da Globo.

"Eles têm o direito a se manifestar contra a mídia. A mídia mente sobre as manifestacoes. Ela também precisa fazer uma autocrítica, a revolta é contra o sistema", afirmou. "Eles não podem agredir, mas podem expulsar, sim", acrescentou.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade