0

Aos 25, Cielo reforça cansaço, mas espera chegar competitivo a 2016

4 ago 2012
19h07
atualizado às 19h18
EMANUEL COLOMBARI
Direto de Londres

Aos 25 anos, César Cielo se vê em condições de brigar pela medalha de ouro nos 50 m livre ainda na Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro, quando terá 29. Medalha de bronze na prova nos Jogos Olímpicos de 2012 em Londres, o campeão olímpico da prova em 2008 e atual campeão mundial lembra de outros atletas competitivos em idade mais elevada, e descartou pensar em aposentadoria a curto prazo.

» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Veja mapa e conheça tudo sobre o Parque Olímpico de Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

"Se não me engano, o Gary Hall Junior tinha mais de 30 anos na Olimpíada (2004, quando foi ouro nos 50 m). O Mark Foster nadou com 36 (em 2006). Eu estou tranquilo. Os 50 m, dá para nadar por um bom tempo - o treinamento não consome muito o atleta. Se eu fosse fundista, não ia aguentar muito mais tempo na natação, não. Me dá para fazer velocidade no treino, fazer musculação pesada para ganhar mais força. Minha vontade de melhorar continua para 2016", disse.

Apesar do auge alcançado em 2008 não ter se repetido em 2012, Cielo disse não estar infeliz com a medalha de bronze. Em rápida retrospectiva, ele lembrou o desempenho do ciclo olímpico entre 2008 e 2012, e mostrou confiança de continuar competitivo entre os rivais.

"Realmente busquei defender esse titulo nos 50 m livre. Não foi a noite que eu imaginei para mim. Mas estou com a medalha no meu bolso, não posso descartar. Agora vou em frente. É mais uma medalha importante. Foi a terceira medalha olímpica, com nove de Mundial. Não posso em momento nenhum reclamar da minha carreira. Desde 2008, me mantenho no pódio", disse ele, reconhecendo o cansaço antes da principal final olímpica.

"Não vou usar isso como desculpa. Já fiz esse programa vários anos seguidos, e já tive sucesso fazendo esse programa. Mas me senti cansado, sim", declarou. "Eu arrisquei de ver o que eu podia fazer nos 100 m (livre), para ver se eu podia conquistar a medalha nos 100 m também. No caso do esporte, a gente faz opção e vai até o fim com ela, porque não tem como voltar atrás", completou ele, sexto colocado na primeira decisão.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos,vídeos,, fotos participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

Cielo conquistou medalha de bronze nos 50 m livre nos Jogos de Londres
Cielo conquistou medalha de bronze nos 50 m livre nos Jogos de Londres
Foto: Edson Lopes Jr. / Terra
Fonte: Terra
publicidade