0

Apesar de resultados, Cielo elogia preparação: "investimento melhorou"

9 ago 2012
15h00
atualizado às 15h54
Giuliander Carpes
Direto do Rio de Janeiro

A equipe de natação do Brasil chegou a Londres na expectativa de fazer a melhor participação olímpica da história. Mas tudo não ocorreu como se esperava. Os brasileiros saíram da capital britânica com apenas duas medalhas - prata de Thiago Pereira nos 400 m medley e bronze de César Cielo nos 100 m livre - e nenhuma de ouro. Mas o maior nadador da atualidade acredita que a preparação foi a melhor de todas.

» Veja as mais belas atletas, torcedoras e cheerleaders de Londres 2012
» Vote na maior decepção brasileira nos Jogos de Londres
» Escolha o esporte e assista aos vídeos da Olimpíada de Londres
» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

"Melhorou com certeza. A gente fez viagens de preparação que não fazíamos antes. O investimento aumentou e melhorou. Tivemos preparação muito boa para a Olimpíada. Vejo um grupo muito mais sério e preparado. Muito muito bem a gente não está, senão a natação feminina estaria num patamar melhor, mas houve uma melhora muito grande", justificou Cielo, que deu entrevista nesta quinta-feira no Rio de Janeiro. "No caso do Brasil, o que a gente precisa é estar competindo fora. Na América do Sul, a gente domina. Daqui para a frente eu vejo a gente viajando cada vez mais."

Cielo lembrou que, mesmo na época de Gustavo Borges e Fernando Scherer, o Brasil não tinha uma equipe tão reconhecida como a atual e sofria para levar mais nadadores aos Jogos Olímpicos. "A gente viveu momento muito bom com o Fernando e Gustavo, mas em 1992 ganhamos uma medalha de prata só, em 1996 foram três e agora foram duas. Em 2004, a gente passou uma Olimpíada super apertada. Lembro que quando alguém fazia índice olímpico a gente comemorava muito. Hoje não é assim. Mudou bastante a mentalidade", explicou o atleta.

O nadador tem uma expectativa melhor para os Jogos do Rio. "A gente acostumou com um nível acima. O Brasil é bem mais respeitado. Eles já veem os atletas do Brasil de outra forma nas finais. Acredito que seja o melhor time que o Brasil já teve, o mais completo e muito jovem. Grupo que pode fazer a melhor campanha em 2016."

Cielo não se arrepende de ter deixado os treinamentos frequentes nos Estados Unidos para montar uma estrutura no Brasil, onde os principais nadadores se reúnem periodicamente. A sensação, embora não tenha havido ouro olímpico desta vez, foi de alívio. "Em Londres com a medalha do Thiago senti que, de qualquer forma, a prata já tinha feito tudo valer a pena. Medalha olímpica é muito especial e para o Thiago ainda mais. Montamos um grupo que conseguiu duas medalhas olímpicas. A receita é simples, um monte de gente que quer a mesma coisa e se dedica para isso."

Cielo elogia preparação brasileira para Jogos de Londres
Cielo elogia preparação brasileira para Jogos de Londres
Foto: Mauro Pimentel / Terra
Fonte: Terra
publicidade