0

Cesar Cielo e Thiago Pereira treinam pela primeira vez em Barcelona

24 jul 2013
10h52
atualizado às 11h29
  • separator
  • comentários

Únicos medalhistas olímpicos brasileiros na disputa do Mundial de Esportes Aquáticos de Barcelona, Cesar Cielo e Thiago Pereira pularam pela primeira vez na água na capital catalã. Nesta quarta-feira, os dois se juntaram à Seleção Brasileira de natação na abertura dos treinamentos em piscina provisória montada dentro do Palau Sant Jordi, arena esportiva onde é disputada a competição. As provas de natação têm início neste domingo.

<p>Cagnotto n&atilde;o fez um salto ruim na sexta rodada - marcou 61,2&nbsp;pontos, mantendo a regularidade de suas apresenta&ccedil;&otilde;es</p>
Cagnotto não fez um salto ruim na sexta rodada - marcou 61,2 pontos, mantendo a regularidade de suas apresentações
Foto: Reuters

Após conquistar sua primeira medalha olímpica nos Jogos de Londres 2012, Thiago Pereira está mais tranquilo para buscar o único pódio que falta em sua vitoriosa carreira. Algo que ele espera conquistar justamente no palco onde estabeleceu seu primeiro índice olímpico, dez anos atrás.

"É maravilhoso estar de volta. Foi onde tudo começou. Em 2003 foi meu primeiro ano de Seleção absoluta e foi naquele Mundial que consegui meu primeiro índice olímpico, meu primeiro recorde sul-americano. Quando paro para pensar em tudo o que aconteceu comigo de lá para cá, me acho um cara abençoado. E pode ser um bom sinal, pois é a medalha que falta em meu currículo", diz.

Já Cielo acumula quatro ouros em Mundiais, dois em Roma 2009 e outros dois em Xangai 2011. Por conta disso, ele administra a ansiedade e foca na preparação para a competição, elogiando a sede de treinamentos improvisada em Palau Sant Jordi.

"A piscina é muito boa, rápida e agora é pensar positivo, pegar a onda das maratonas aquáticas e ir para prova, pois o que tinha que fazer já foi feito", destacou Cielo, mencionando as quadro medalhas que o Brasil já conquistou, sendo uma de ouro e outra de prata com Poliana Okimoto e uma de prata e outra de bronze com Ana Marcela Cunha. 

"Tenho rivais como Vlad Morozov (RUS), James Magnussen (AUS) e os franceses Frederick Bousquet e Florent Manadou. Qualquer um desses pode vencer os 50m. Tomara que minha unha esteja maior do que a deles", brincou Cielo.

Veja as melhores fotos do Mundial

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade