0

Chateado por revezamento, Cielo diz que companheiros vacilaram

31 jul 2012
09h28
atualizado às 11h59
Celso Paiva
Leandro Miranda
Direto de Londres

O nadador Cesar Cielo falou pela primeira vez nesta terça-feira sobre a eliminação do Brasil no revezamento 4x100 m livre, no último domingo, quando a delegação nacional optou por não incluir seu principal atleta e viu a equipe cair ainda na classificatória. Para o campeão olímpico dos 50 m livre, a equipe formada por Nicolas Oliveira, Bruno Fratus, Nicholas Santos e Marcelo Chierighini - que ficou em nono, a apenas uma posição da vaga na final - vacilou, e teria garantido um lugar na decisão se tivesse nadado tudo o que podia.

» Terra disponibiliza vídeos em 3D dos Jogos Olímpicos de Londres
» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Veja mapa e conheça tudo sobre o Parque Olímpico de Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

"Foi a opção que a gente fez, de achar que a gente entraria na final mesmo com o quinto tempo do revezamento nadando. E na verdade eu acho que entrava, foi vacilo do próprio time. A gente teve algumas parciais mais lentas que não estavam planejadas, então pagamos o preço. Olimpíada é isso aí, não fez o melhor, vai ter gente que vai passar na frente", lamentou, mostrando-se chateado com a eliminação.

A opção por poupar Cielo das eliminatórias do revezamento no domingo se deu porque o nadador teria que competir quatro dias seguidos, entre terça e sexta-feira, em suas provas individuais: 100 m livre (na qual foi bronze em Pequim 2008) e 50 m livre (em que é o atual campeão). Nesta terça, o brasileiro terminou a classificatória dos 100 m em décimo, passando às semifinais.

"É bom (nadar o revezamento) para quebrar o gelo, entrar na competição de uma forma mais tranquila. Não tem a pressão de nadar o individual, você divide com o pessoal. Mas foi a opção. Estou com a cabeça muito boa, tranquilo, confiante na preparação que eu fiz. É só colocar em prática", projetou a grande esperança de ouro da natação brasileira.

Cielo volta às piscinas às 19h30 locais (15h30 de Brasília) para nadar as semifinais dos 100 m livre; caso fique entre os oito melhores, disputa a final no mesmo horário na quarta-feira. Já sua especialidade, os 50 m livre, está marcada para os dois dias seguintes: eliminatórias e semifinais na quinta-feira, e a grande decisão na sexta.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos,vídeos,fotos, e participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

Cielo não participou do revezamento do Brasil
Cielo não participou do revezamento do Brasil
Foto: Bruno Santos / Terra
Fonte: Terra
publicidade