0

Cielo fala em comer coisa errada, dormir tarde e relaxar

4 ago 2012
20h06
EDISON FILHO
CAROLINA CAPOZZI
Direto de Londres

A pose para fotos e a atenção aos fãs era a mesma de sempre. O sorriso, não. Cesar Cielo se encontrou com torcedores e com a imprensa neste sábado, um dia depois de conquistar apenas o bronze na sua principal prova, a dos 50 m livre. Visivelmente abalado com a ausência do ouro, o nadador evitou menosprezar a medalha que conseguiu na Olimpíada de Londres e disse que agora é hora de pensar em Rio 2016. Em entrevista ao Terra, Cielo garantiu: "o melhor está por vir!".

» Confira os números e estatísticas de Brasil x China
» Escolha o esporte e assista aos vídeos da Olimpíada de Londres
» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Veja mapa e conheça tudo sobre o Parque Olímpico de Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

O atleta que embarca para o Brasil já neste domingo afirmou, ainda, que ao chegar ao País pretende deixar a dieta e a rotina rigorosa de treinamentos de lado. Ele quer dormir tarde e relaxar a cabeça. A entrevista foi feita na Casa Brasil, espaço reservado para os medalhistas.

Confira a entrevista na íntegra:

Terra - Como foi a noite após a conquista da medalha de bronze?
Cielo - Ah, foi tranquila, né? Acho que foi a melhor noite de sono que eu tive nos últimos meses. De alívio mesmo por ter passado por tudo. Agora é hora de relaxar, então, de descansar um pouquinho. Não muito porque já tem Troféu Finkel daqui a duas semanas. E começar a pensar no futuro, é hora de começar a pensar no Brasil 2016, então não pode deixar a peteca cair, não. Isso aqui faz parte da nossa trajetória. Agora é começar a pensar no que eu vou fazer a partir de agora.

Terra - Apesar de a medalha ser, de fato, uma grande conquista para um atleta, você encara Londres 2012 como uma derrota?
Cielo - Olha, eu não acho que seria uma derrota porque eu fiz tudo o que eu podia, briguei com todas as minhas forças. E o francês (Florent Manaudou, campeão dos 50 m livre) nadou muito bem. Acho que uma medalha olímpica é sempre uma conquista. Daqui a alguns anos, com certeza eu vou olhar pra trás e ter muito orgulho de ter essa terceira medalha no meu currículo. Agora eu estou um pouquinho decepcionado sim, não vou mentir. Todo o Brasil estava esperando a amarelinha chegando e não deu certo. Mas é uma conquista importante para a natação. Espero fazer de tudo para nos próximos anos mudar esta cor e voltar a ser medalha de ouro.

Terra - Quais as principais lições que você tira desta Olimpíada?
Cielo - Eu acho que toda a experiência, né? Lições? Difícil dizer agora. Acho que é que a gente pode sempre mais. Sempre acreditar que a gente pode buscar grandes objetivos. Eu estava imaginando um objetivo bem ambicioso. E vou continuar... Não é isso que vai me abalar, não. Então é se manter positivo e acreditar que quem se dedica e quem trabalha dá certo.

Terra - Como você acha que os brasileiros receberam essa medalha de bronze? Todo mundo no Brasil esperava o ouro...
Cielo - Eu espero que recebam com muito carinho, como o pessoal da arquibancada recebeu ontem (sexta-feira). Foi muito bacana a torcida deles ali na volta olímpica. Eu tenho certeza que não vai ser uma grande felicidade, mas espero que eles entendam que é uma conquista importante para o Brasil e importante para a natação. É essa a mensagem que eu gostaria de deixar com essa medalha.

Terra - Como você espera estar no Rio de Janeiro em 2016?
Cielo - No melhor da minha forma. É difícil me imaginar daqui a quatro anos já. Mas com o passar dos anos eu quero estar melhorando para chegar ao Brasil e estar disputando medalha ainda. É um passo de cada vez. Agora tem os Mundiais ainda antes do Brasil. É importante continuar medalhando, continuar brigando pelas primeiras posições, para chegar ao Brasil e poder, se Deus quiser, estar brigando pela medalha de ouro em casa.

Terra - Pequim 2008 foi o auge de Cesar Cielo ou o melhor ainda está por vir?
Cielo - O melhor ainda está por vir! Na verdade, cada momento é um auge, né? Eu achei que Pequim tinha sido o auge. Aí veio Roma e foi um novo auge. Veio Dubai e foi um novo auge. Então eu acho que cada momento eu tento viver o máximo de intensidade dentro dele e espero que o auge seja 2016.

Qual é a primeira coisa que você vai fazer ao chegar ao Brasil?
Cielo - Não sei. Não pensei ainda. A gente pensa tanto na prova e não pensa nas férias. Vou tirar uns dias "off" aí para descansar. Talvez me desligar um pouquinho da dieta, comer um pouquinho de coisa errada, dormir tarde, relaxar a cabeça. Acho que o mais importante agora é descansar para a vontade de treinar voltar e eu voltar para os treinos com tudo para continuar brigando pelas conquistas do ano que vem.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos,vídeos,fotos, e participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

Thiago Pereira e Cesar Cielo foram os nadadores brasileiros que subiram ao pódio em Londres
Thiago Pereira e Cesar Cielo foram os nadadores brasileiros que subiram ao pódio em Londres
Foto: Edson Lopes Jr. / Terra
Fonte: Terra
publicidade