0

Cielo ignora críticas do ídolo Popov: "não é todo mundo que vai gostar"

9 ago 2012
20h11
Giuliander Carpes
Direto do Rio de Janeiro

Medalhista de bronze na prova dos 100 m livre na Olimpíada de Londres, César Cielo foi criticado pelo seu maior ídolo. O russo Alexander Popov, até hoje o único a conquistar o bicampeonato olímpico na prova, disse que era o que o brasileiro merecia depois de ter sido flagrado com doping em 2011. Cielo disse que não pode agradar todo mundo.

» Veja as mais belas atletas, torcedoras e cheerleaders de Londres 2012
» Vote na maior decepção brasileira nos Jogos de Londres
» Escolha o esporte e assista aos vídeos da Olimpíada de Londres
» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

"Não estou acompanhando muito o que está acontecendo. Todo mundo tem direito a opinião. Eu continuo fazendo o meu. Amo nadar e tenho o desafio de ser sempre um atleta melhor. Não é todo mundo que vai gostar de você mesmo", disse o brasileiro.

Membro do Comitê Olímpico Internacional (COI), Popov está em Londres durante os Jogos Olímpicos. O ex-nadador, que possui quatro medalhas de ouro conquistadas nas Olimpíadas de Barcelona 92 e Atlanta 96, mostrou contrariedade desde o início com a punição branda demais que Cielo sofreu por ter sido flagrado com furosemida.

O nadador brasileiro alegou que havia sido vítima de um suplemento alimentar contaminado e a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) apenas o penalizou com uma advertência, pena mantida pelo Tribunal Arbitral do Esporte (TAS).

Cielo comenta sobre declarações do ídolo Popov
Cielo comenta sobre declarações do ídolo Popov
Foto: Mauro Pimentel / Terra
Fonte: Terra
publicidade