0

Cielo lidera bateria nos 100 m, mas não obtém índice para o Mundial

23 ago 2012
18h36
atualizado às 20h57
Murilo Aquino
Direto de São Paulo

Cesar Cielo foi o mais rápido na segunda bateria da semifinal dos 100 m estilo livre (com o tempo de 47s42) nesta quinta-feira no Troféu José Finkel, mas ainda não conseguiu assegurar o índice (46s99) para o Mundial de piscina curta, marcado para o mês de dezembro, em Istambul (na Turquia).

Cielo deverá bater o índice na final de sexta-feira
Cielo deverá bater o índice na final de sexta-feira
Foto: Bruno Santos / Terra

Atrás de Cielo, que é atleta do Flamengo, ficou Nicolas Oliveira, que completou o percurso na piscina do Sesi da Vila Leopoldina (em São Paulo) em 47s52. O terceiro foi Guilherme Roth, com 48s13.

A final da distância será disputada na sexta-feira. Cielo, após a prova,se mostrou surpreso com a concorrência e admitiu que guardou o fôlego para a decisão.

"Achei que fosse nadar um pouco mais rápido, mas o nível técnico da prova foi muito bom, teve bastante 47s. Então amanhã vou ter que fazer uma prova melhor, entrar com mais concentração na prova e tentar tirar o melhor. Tentei guardar o máximo para amanhã, para os dois revezamentos que ainda tenho para nadar, vamos ver se amanhã eu consigo nadar para 46s, abaixo do índice e possa assegurar a medalha de ouro dessa prova", afirmou.

Fonte: Terra
publicidade