0

Cielo quer recorde, mas mantém cautela: "ser favorito não conta para nada"

27 jul 2012
17h27
atualizado às 17h40

Atual campeão olímpico nos 50 m livre, César Cielo não acredita que o favoritismo traga medalhas na natação e mantém a cautela ao falar de sua participação nos Jogos Olímpicos de Londres. O foco do nadador está na quebra de seu recorde e ele espera que isso também signifique uma medalha.

Em Londres, Cesar Cielo busca o bicampeonato olímpico nos 50 m livre
Em Londres, Cesar Cielo busca o bicampeonato olímpico nos 50 m livre
Foto: Getty Images

» Veja e vote nas atletas que brigam para entrar na lista das mais belas
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Coloque as notícias sobre a Olimpíada no seu site
» Veja a agenda completa para os Jogos de Londres

"O recordista mundial ou o nono colocado do ano passado estão na briga pela mesma medalha. Ser favorito não conta para nada. Estou pensando em fazer o melhor tempo da minha vida", afirmou Cielo.

Além da prova mais rápida da natação, Cielo também representará o Brasil nos 100 m livre, prova em que foi bronze na China. "Eu tenho que fazer o melhor e torcer para que isso seja suficiente para me colocar no pódio. Vou entrar nos 100 m com garra total, para fazer o máximo e viver um dia de cada vez".

Em Londres, a natação brasileira tem a chance de superar as conquistas da Olimpíada de Pequim, quando terminou com os dois pódios de Cielo e ainda a participação em seis finais. "Hoje todo mundo sabe que, quando tem um brasileiro na final, ele está ali para brigar e não só para participar", destacou Cielo. "Somos capazes de ganhar mais medalhas do que ganhamos em Pequim", acrescentou o campeão.

Outra grande chance de medalha brasileira será nos 100 m peito, com Felipe França. O nadador não esconde sua vontade de estar no lugar mais alto do pódio e se diz pronto para a conquista do ouro.

"Tenho treinado há muito tempo para isso, o ouro é a minha principal ambição. Não penso em outra medalha. As eliminatórias deste sábado, dos 100 m peito, já estão na minha mente, no meu corpo e no meu coração. Vou economizar energia nos primeiros 50 m, e na volta fazer como se fosse um tiro de 50 m, nadando em ritmo de campeão mundial", afirmou França. O brasileiro Felipe Lima compete na mesma prova.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta comtextos,vídeos,, fotos participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

publicidade