2 eventos ao vivo

Em último nos 50 m, "gordinha" recebe críticas da própria federação

3 ago 2012
09h09
atualizado às 09h40
  • separator
Leandro Miranda
Direto de Londres

Em uma das modalidades que mais se destaca pelos corpos atléticos de seus competidores, a nadadora Masempe Theko é um "peixe fora d'água". Visivelmente acima do peso, a atleta de Lesoto, pequeno país encravado na África do Sul, mostrou muitas dificuldades nos 50 m livre nesta sexta-feira, na Olimpíada de Londres, e terminou as eliminatórias na 73ª e última posição: seu tempo de 42s35 foi quase 18 segundos mais lento que o da primeira colocada, a holandesa Ranomi Kromowidjojo (24s51). Porém, no site oficial de Londres 2012, a altura e o peso da atleta não são divulgados.

» Escolha o esporte e assista aos vídeos da Olimpíada
» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Veja mapa e conheça tudo sobre o Parque Olímpico
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

Competindo na primeira bateria, reservada aos atletas com os piores tempos de classificação, Masempe, 25 anos, perdeu feio até de suas duas adversárias diretas: a nigerina Nafissatou Adamou e a togolesa Adzo Kpossi chegaram 5 segundos à sua frente. E quem acha que a lesotiana foi a Londres com a intenção apenas de competir está muito enganado.

"Não sei o que aconteceu, não senti nada, acho que foi uma entrada ruim, o que dificultou o resto da minha prova. Podia ter feito melhor", disse uma abatida Masempe, que tomou até um susto quando foi chamada pela reportagem do Terra. De fato, a entrada da africana na água foi longe do que se pode chamar de ideal, com uma postura totalmente equivocada.

O mais curioso é que, segundo o secretário-geral da Associação de Natação de Lesoto, Mafethe Molibetsane, Masempe nem é a melhor do país. "Há melhores e mais jovens nadadoras que Theko, que se dariam melhor que ela se tivessem ido à Olimpíada. Theko foi escolhida pela Fina (Federação Internacional de Natação) por causa de suas participações internacionais anteriores", disse o dirigente ao jornal Lesotho Times.

A preparação da atleta para o principal evento esportivo do mundo durou apenas três meses. Mas ela já demonstrou grande evolução desde o ano passado: no Mundial de Xangai, em 2011, seu tempo nos 50 m livre havia sido quase 7 segundos pior (49s75). "A preparação foi boa. Estava treinando no País de Gales, voltamos faz uma semana. Estamos treinando há três meses, foi muito esforço, muito trabalho. Mas podia ter sido melhor", repetiu, entristecida.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos,vídeos,fotos, e participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

Masempe Theko fica em último nos 50 m livre
Masempe Theko fica em último nos 50 m livre
Foto: AP

Veja também:

Willian no Arsenal, Rafinha fora do Fla e rodada do Brasileiro são os destaques da Coluna de Vídeo
Fonte: Terra
publicidade