0

"Homem das medalhas", Cielo volta e vira xodó do Brasil

23 dez 2010
08h40
Thiago Tufano
Direto de São Paulo

"Como você se sente sendo um ídolo?" Definitivamente César Cielo ainda não sabe lidar com todo esse sucesso. Em seu retorno ao Brasil, após faturar nada menos que quatro medalhas no Mundial de Piscina Curta nos Emirados Árabes, o nadador afirmou que tem dificuldades em responder esse tipo de pergunta. Mesmo após uma cansativa viagem de volta de Dubai, o campeão olímpico demonstrou toda sua humildade ao receber jornalistas em um restaurante na cidade de São Paulo e mostrar suas novas conquistas em solo árabe.

"É difícil. Nunca consigo acertar essa resposta. Mas estamos fazendo nosso trabalho, nosso melhor, como sempre fizemos. Sou a mesma pessoa, com as mesmas manias. O que os mais jovens podem pegar de exemplo é que é preciso trabalhar muito, fazer muito esforço para chegar onde eu estou", afirmou, despertando suspiros de duas senhoras sentadas na última fileira da sala da entrevista coletiva.

"Que belezinha que ele é", "Olha a simplicidade", afirmaram Dona Zezé e Dona Terezinha. As duas senhoras fazem parte de uma instituição de combate ao câncer e não estavam lá só por serem fãs do nadador. Antes de viajar a Dubai, Cielo havia prometido que doaria R$ 5 mil por cada medalha de ouro conquistada no Mundial. Ou seja, duas medalhas de ouro equivalem a R$ 10 mil. Cielo cumpriu a promessa e doou um cheque para a instituição, como sempre faz nos finais de ano.

O fato é que Cielo conquistou a todos. Definitivamente ele já é um ídolo do Brasil. A caminho do restaurante onde foi realizada a entrevista, um simpático taxista mandou "lembranças e um forte abraço" ao, segundo o próprio motorista, "homem das medalhas", referindo-se à quantidade enorme de conquistas importantes que o nadador vem adquirindo, entre elas, ouro e bronze na Olimpíada de Pequim e muitos ouros nos Mundiais de Piscina Curta e Piscina Longa, etc...

Mesmo após essa enormidade de conquistas, o que faria qualquer atleta comum "relaxar" e curtir o momento, Cielo ainda não está satisfeito, mas admite que se diverte muito a cada momento em que entra em uma piscina para competir. "Quero ganhar mais, quero ganhar mais e mais vezes. Quando você compra um jogo de videogame, você joga por 30 minutos e começa a ganhar e não quer parar mais. É assim que me sinto. Não tem pressão porque me divirto com a natação".

Quando questionado sobre a rapidez com que conquistou o sucesso, Cielo afirmou que chegar onde está não foi nada rápido. "Faço sempre o meu melhor. E isso tudo é uma evolução. A medalha olímpica para vocês pode ter parecido uma surpresa, mas para mim e para meus familiares era uma realidade, estava muito claro. Fico muito orgulhoso por tudo isso, mas uma coisa é chegar lá e a outra é se manter", disse Cielo.

Durante a entrevista, o "multicampeão" chegou a ser comparado a Gustavo Kuerten, tricampeão de Roland Garros e o melhor tenista da história do Brasil. Cielo foi questionado se tinha medo de que esse momento se perdesse e não fosse aproveitado para que novos talentos fossem construídos na natação, assim como aconteceu com Guga.

"Não é questão de perder o momento. A gente não tem como controlar isso. O que eu posso fazer eu estou fazendo, ganhando medalhas e treinando muito. Isso tem que ser cobrado para outro pessoa. Eu tento ser perfeito nos meus treinos e nas provas", ressaltou Cielo.

Para encerrar a tão aguardada entrevista, Cielo projetou a próxima temporada e o encerramento do ciclo olímpico, que termina com os Jogos de Londres em 2012. "Quero defender meus títulos no Mundial. Essa competição é o grande pré-olímpico para dar uma bagagem e uma noção do que virá pela frente. No Pan de Guadalajara quero levar os revezamentos às medalhas de ouro. Vamos focar 'tempo' no Mundial e 'medalhas' no Pan, para colocar o Brasil ainda mais para cima no quadro de medalhas", encerrou o ídolo brasileiro.

Agora, Cielo só em 2011...

Nadador César Cielo já é ídolo do Brasil
Nadador César Cielo já é ídolo do Brasil
Foto: Reinaldo Marques / Terra
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade