1 evento ao vivo

Esportes Aquáticos

“Nunca deixarei de falar de política”, diz Joanna Maranhão

Getty Images

Nadadora, que se envolveu em grande polêmica após se mostrar contra redução da maioridade penal, disse que não mudará seu estilo

15 jul 2015
08h48
  • separator
  • 0
  • comentários

Antes do Pan 2015, Joanna Maranhão ganhou manchetes com o desabafo contra a aprovação da redução da maioridade penal. A nadadora brasileira, que fez um vídeo por redes sociais detonando a mudança na lei, recebeu um misto de aplausos acompanhados de uma enxurrada de críticas e até o Comitê Olímpico do Brasil (COB) afirmou ao Terra que é contra atletas se manifestarem politicamente durante Toronto 2015. Contudo, Joanna Maranhão disse que não mudará seu jeito.

“Sobre isso (polêmica sobre a redução da maioridade penal ) eu não vou falar. Mas não vou deixar de falar de política nunca porque é a minha parte. Não é porque minha opinião não é da maioria que eu não tenho o direito de expressar”, afirmou Joanna Maranhão após receber a medalha de bronze dos 200 m borboleta.

Em vídeo publicado em seu Facebook, a nadadora detonou a aprovação da lei após manobra do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no congresso nacional. A atleta foi além e até disse que viajaria para o Pan para defender as cores brasileiras, mas que não representaria “eleitores de Bolsonaro, Malafaia e Eduardo Cunha”.

A ação causou saia-justa com o COB, que não quer que os atletas se envolvam em polêmicas sobre política com fãs a um ano dos Jogos do Rio. Em redes sociais, muitos torcedores que apoiavam a redução da maioridade penal criticaram a atleta e afirmaram que torceriam contra a nadadora – não adiantou nada, pois Joanna conquistou o bronze inclusive batendo seu próprio recorde sul-americano.

COB "entende" Joana Maranhão, mas quer cautela de atletas

Joanna Maranhão sempre teve posição questionadora em sua carreira, seja com a política nacional ou de sua modalidade, e inclusive chefia uma ONG de combate à pedofilia. Certamente, não mudará seu estilo. 

Ranking Geral - País Ouro Prata Bronze TOTAL
Canadá 25 22 17 64
Estados Unidos 19 19 22 60
Cuba 14 11 16 41
Colômbia 14 6 11 31
Brasil 12 8 21 41
Veja o quadro completo aqui
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade