0

Nadadora mais rápida do mundo é holandesa de nome difícil; conheça

5 ago 2012
02h59
atualizado às 03h10

Ranomi Kromowidjojo. Você pode não conseguir pronunciar, mas tem a obrigação de guardar este nome para os próximos anos. A atleta holandesa, apenas 21 anos, se sagrou, nos Jogos Olímpicos de Londres, a nadadora mais rápida do mundo, vencendo as provas dos 50 m livre e 100 m livre com direito a recordes olímpicos. Com um desempenho consistente que já vem desde os últimos Campeonatos Mundiais, mas que chegou ao auge só neste ano, Kromowidjojo tem grandes chances de ter seu nome mais falado - ou pelo menos enrolado na língua de jornalistas e torcedores - cada vez mais.

» Escolha o esporte e assista aos vídeos da Olimpíada de Londres
» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Veja mapa e conheça tudo sobre o Parque Olímpico de Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

O nome incomum é fruto das raízes da esportista. Nascida em Sauwerd, na Holanda, em 20 de agosto de 1990, a atleta possui descendência do Suriname, sendo da etnia Javanese Surinamese. De fato, não é uma europeia "metida": tem orgulho do Suriname, país no qual mantém parentes e sempre busca informações. Além disso, para Londres, contou com o apoio do nadador surinamês Anthony Nesty, campeão olímpico em 1988. A ajuda deu resultado para a atleta, que começou a nadar aos três anos, em uma viagem de férias para a Espanha com os pais.

Antes de partir para os Jogos Olímpicos de Londres, a holandesa tinha resultados modestos, mas regulares. A maioria das vitórias veio no revezamento 4x100 m livre, com suas compatriotas, prova que já havia levado o ouro em Pequim 2008 e dos Mundiais de Xangai (2011) e Roma (2009). Na prova dos 100 m livre, seu melhor resultado havia sido o bronze em Xangai, enquanto nos 50 m levou a prata na mesma competição.

Todos os resultados da atleta são colocados em primeira mão nas redes sociais de Ranomi Kromowidjojo, atualizadas pelos dedos da própria nadadora, que se considera uma "jovem tipicamente viciada em internet". E como. São dezenas de postagens por dia só no seu Twitter, até bem popular para uma atleta da natação (pouco mais de 65 mil seguidores). No Facebook, enfrenta um crescimento exponencial no número de fãs - eram 4 mil no começo de julho e já são mais de 21 mil após as vitórias na capital britânica.

Apesar de comentar das competições em suas páginas, as performances não são o foco principal de suas postagens. A nadadora gosta mesmo é de interagir com os amigos, torcedores e falar sobre "banalidades", em grande parte seus hobbies. Por exemplo, como a maioria das meninas da sua idade, é fã do seriado Gossip Girl. Ainda em relação às telas, comenta bastante de filmes e entre os longas está, curiosamente, um brasileiro: Tropa de Elite 2, ao qual Kromowidjojo assistiu em fevereiro deste ano.

A holandesa faz parte, ainda, do grupo - criticado por muitos - de pessoas que adora colocar imagens de comida no Instagram, rede social dedicada a fotos. Entre os pratos, estão frango picante e sopa de espinafre com alho. Nas horas vagas gosta, ainda, de brincar com o tradicional jogo de tabuleiro "Banco Imobiliário" - ou "Kromopoli", no nome em holandês.

Fã de moda, Ranomi Kromowidjojo apareceu, recentemente, nas revistas Glamour e Marie Claire da Holanda. Entretanto, com a conquista nos 50 m livre e 100 m livre em Londres, a fama da nadadora passará longe dos books, ficando dentro das piscinas. Como chega a praticamente celebrar dois aniversários atualmente - o normal no dia 20 de agosto e um em julho, para comemorar a recuperação de uma meningite viral que sofreu em 2010 -, pode, agora, lembrar-se de datas novas com carinho: 1 e 4 de agosto de 2012, dias em que fez história nos Jogos de Londres.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos,vídeos,fotos, e participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

Kromowidjojo fez história em Londres ao vencer os 50 m livre e os 100 m livre com recordes olímpicos
Kromowidjojo fez história em Londres ao vencer os 50 m livre e os 100 m livre com recordes olímpicos
Foto: Reuters
Fonte: Terra
publicidade