publicidade
18 de novembro de 2010 • 15h36

Secretária diz que Parque Aquático Júlio Delamare não será destruído

Júlio Delamare corria risco de ser destruído durante as obras no Maracanã para a Copa de 2014
Foto: AP
 

O Parque Aquático Júlio Delamare não está mais ameaçado de ser destruído por causa das obras que serão realizadas no Complexo Esportivo do Maracanã, visando à Copa do Mundo de 2014. Pelo menos é o que diz a secretária de Turismo, Esporte e Lazer do Estado do Rio de Janeiro, Márcia Lins, que esteve no local para a segunda etapa do Campeonato Brasileiro Júnior de Natação.

Ela recebeu a Medalha do Mérito Aquático das mãos da nadadora Ana Marcela Cunha e do presidente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), Coaracy Nunes Filho, pelo seu trabalho na preservação do parque aquático.

"Esta homenagem não é para mim, mas para o trabalho que vem sendo realizado no Rio de Janeiro, cidade que vai sediar as Olimpíadas de 2016. O Parque Aquático Júlio Delamare já reúne condições de sediar eventos internacionais, mas vamos nos reunir com a Confederação para saber o que mais precisamos adequar para que este equipamento esteja ainda mais dentro dos padrões de exigência para realização de grandes eventos", afirmou Márcia.

A secretária confirmou que as provas aquáticas da Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro, serão realizadas no complexo Maria Lenk, mas avisou que o Júlio Delamare será utilizado para treinos, aclimatações e realização de eventos. Dessa forma, ele também será reformado e melhorado.

"Entre outras coisas vamos cobri-lo, remodelar a iluminação e montar um centro médico de atendimento aos atletas. Vamos conversar com o arquiteto Daniel Fernandes, que integra a equipe de reestruturação do Maracanã, para que o Parque Aquático e estádio de atletismo fiquem dentro dos mesmos padrões arquitetônicos", disse a secretária, em referência ao Estádio de Atletismo Célio de Barros, que também será preservado.

O Parque Aquático Júlio Delamare foi inaugurado em setembro de 1978 e recebe competições de natação, pólo aquático, nado sincronizado e saltos ornamentais. Ele já foi palco de eventos como o Campeonato Mundial Júnior de Natação, em 2006, e o torneio de pólo aquático do Pan-Americano de 2007.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva