3 eventos ao vivo

T. Pereira supera rótulo de Mr. Pan e confirma auge em Londres

28 jul 2012
17h59
atualizado às 18h25
  • separator
Leandro Miranda
Direto de Londres

O brasileiro Thiago Pereira conseguiu um feito surpreendente neste sábado. Superou ninguém menos que a lenda Michael Phelps e ficou com a medalha de prata olímpica na prova dos 400 m medley, atrás apens do americano Ryan Lochte. Foi a redenção e a comprovação do auge profissional vivido pelo atleta chamado até então de "Mr. Pan", principalmente por sua soberania em Jogos Pan-Americanos, mas também por sua má sorte nas Olimpíadas.

» Veja o quadro de medalhas de Londres 2012
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Coloque as notícias sobre a Olimpíada no seu site
» Veja a agenda completa para os Jogos de Londres

Maior recordista de medalhas de ouro pelo Brasil na história do Pan-Americano com 12 conquistas, Thiago Pereira precisou superar seus próprios fantasmas pessoais para, enfim, triunfar em uma competição de Jogos Olímpicos.

Ele precisou, por exemplo, deixar para trás o lendário Michael Phelps, dono de nada menos que 12 condecorações douradas olímpicas e favorito absoluto ao ouro. Phelps não ficou sequer no pódio, ocupado em seu primeiro posto por outra pedra no sapato de Pereira: o americano Ryan Lochte.

Foram os dois atletas dos EUA, aliás, que ao lado do húngaro Laszlo Cseh privaram Thiago de uma medalha na Olimpíada de Pequim, em 2008, e também no Mundial de 2007 na prova dos 200 m medley. Já na dos 400 m medley, Thiago foi mal e ficou apenas em oitavo, longe do pódio olímpico.

Thiago também teve azar na temporada 2009. Após uma fratura na mão no início do ano, o nadador ficou com a quarta colocação no Mundial, em Roma, também nas duas provas de medley: 200 m e 400 m. Começou a melhorar nos anos seguintes, com dois bronzes no Pan-Pacífico e o título de Rei da Copa do Mundo de Piscina Curta, ao levar 22 medalhas no total.

Mas foi a partir de 2011 que Thiago passou a viver seu auge. No Pan-Americano de Guadalajara foram seis medalhas de ouro que, somadas às outras seis do Rio, em 2007, deixaram Pereira com o status de maior medalhista de ouro do Brasil no Pan em todos os tempos, superando a marca anterior de Hugo Hoyama. Além disso, o atleta ainda atingiu 18 condecorações pan-americanas, atrás apenas do recordista brasileiro Gustavo Borges, com 19.

Agora na Olimpíada, Thiago conseguiu superar o "fantasma" de ser considerado apenas o "Mr. Pan" e leva para casa uma gloriosa medalha de prata. O nadador repetiu o feito de Ricardo Prato, que também ficou na segunda colocação nos 400 m medley dos Jogos de Los Angeles 1984. Foi difícil, mas do jeito que ele queria.

"Me perguntaram se eu estivesse em outra geração, se eu poderia ter ido ao pódio (em outras provas). Eu falava que não. Sempre fui muito feliz de fazer parte dessa geração junto com esses três caras. A gente está em todas as finais de medley desde 2004. Sempre disse que preferi ganhar alguma medalha em cima desses três do que se não estivessem, apesar de o Laszlo não ter entrado na final", apontou.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos,vídeos,, fotos participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

Thiago Pereira faturou a medalha de prata olímpica neste sábado
Thiago Pereira faturou a medalha de prata olímpica neste sábado
Foto: Bruno Santos / Terra

Veja também:

Willian no Arsenal, Rafinha fora do Fla e rodada do Brasileiro são os destaques da Coluna de Vídeo
Fonte: Terra
publicidade