0

Thiago Pereira conquista 21ª medalha em Pans e fica perto de marca histórica

16 jul 2015
01h32
atualizado às 01h42
  • separator
  • 0
  • comentários

Com mais duas medalhas conquistadas em Toronto nesta quarta-feira (data local), Thiago Pereira está muito perto de ultrapassar o ginasta cubano Erick López como o maior medalhista da história dos Jogos Pan-Americanos.

Bronze nos 200m nado peito e ouro nos 4x200m nado livre, o nadador, de 29 anos, chegou a 21 medalhas em Pan-Americanos, uma a menos do que as 22 conquistadas por López.

Com o bronze de hoje, Thiago Pereira já tinha se tornado o maior medalhista pan-americano do Brasil ao superar o também nadador Gustavo Borges, que com 19 medalhas na carreira. Além disso, ostenta o recorde de maior quantidade de outros conquistados por um atleta do país, 14, na competição continental.

O "Mister Pan" tem mais cinco oportunidades em Toronto para tentar igualar ou ultrapassar López, que participou de quatro edições de Pan-Americanos: Havana (1991), Mar del Plata (1995), Winnipeg (1999) e Santo Domingo (2003).

O atleta cubano conquistou 18 medalhas de ouro, três de prata e uma de bronze, superando os americanos Abraham Grossfeld e o argentino Juan Caviglia, que, assim como Thiago Pereira, têm 21 medalhas na competição continental.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade