0

Veleiro "Cisne Branco" abre Comissão Europa 2013 nas ilhas Canárias

23 abr 2013
19h10

O navio-veleiro "Cisne Branco" começou nesta terça-feira, nas ilhas Canárias (Espanha), o programa de atividades Comissão Europa 2013, que vai desenvolver neste ano em vários portos do Velho Continente como "embaixador" da Marinha do Brasil e que terminará, em outubro, novamente no arquipélago espanhol.

O comandante do "Cisne Branco", o capitão-de-Mar-e-Guerra Nelson Nunes, apresentou hoje o veleiro aos jornalistas no Arsenal de Las Palmas de Gran Canaria, após uma travessia de 15 dias que começou em Natal (RN).

O moderno veleiro de instrução de aspirantes, que foi construído em 2000 em Amsterdã (Holanda) com base no modelo de um "Clipper" do século XIX, navega nesta ocasião apenas com sua tripulação: 58 militares, entre oficiais (9) e tropa.

O comandante Nelson detalhou que a embarcação tem 32 velas, 76 metros de comprimento, 10,5 de boca (largura) e 4,8 de calado, possui três mastros - o maior de 46,4 metros de altura -, tem capacidade para deslocar mil toneladas e pode atingir uma velocidade de 17 nós.

A programação desta temporada da embarcação prevê visitas a diversos portos europeus, sendo o próximo o de Hamburgo (Alemanha), destino que o comandante Nunes espera alcançar em duas semanas.

Em águas alemãs o "Cisne Branco", nome que o veleiro tem em função do hino da Marinha, vai participar da regata internacional que lembra o 824º aniversário do porto de Hamburgo.

Os sete meses de expedição incluem várias visitas, eventos esportivos e jornadas de portas abertas em alguns portos de Irlanda, França, Bélgica, Holanda, Dinamarca, Polônia, Noruega, Itália e Espanha, onde também atracará em Barcelona.

EFE   
publicidade