Jogos Olímpicos - London 2012

Jogos Olímpicos - London 2012 - De 27 de julho a 12 de agosto de 2012

 

Esportes Aquático

 
 

Esportes » Esportes

 Leonardo Costa abandona a natação após doping
18 de janeiro de 2005 09h31

Leonardo Costa já faz parte do passado da natação brasileira. Especialista no estilo costas, ele abandonou o esporte após testar positivo em um exame antidoping realizado em novembro de 2004, durante a etapa de Durban (AFS) da Copa do Mundo. A substância encontrada foi o anabolizante estanozolol, que aumenta a massa muscular.

A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos recebeu a notificação do doping no final de dezembro, por meio da Fina (Federação Internacional de Natação). Imediatamente, o presidente da entidade nacional, Coaracy Nunes Filho, ligou para Leonardo. O dirigente teria sido informado, segundo fontes próximas ao atleta, que o nadador não fazia nem questão de fazer uma contraprova. O exame é pedido normalmente com a esperança de desmentir a primeira amostra.

Leonardo não quis a realização da contraprova por dois motivos, segundo as fontes. O primeiro, imediato, é que se trata de um exame caro, de cerca de US$ 3 mil. A quantia teria de ser paga pelo próprio nadador, que já estava sem salário e patrocínio. O segundo é que ele atravessava um período de melancolia e depressão, que culminou com a decisão de se aposentar.

Leonardo fez tudo de maneira silenciosa. Aos amigos, enviou um e-mail dizendo que estava parando. Depois disso, se tornou incomunicável. Não atende mais telefonemas e nem responde e-mails.

O nadador teve seu auge em 99, quando ganhou um ouro, uma prata e um bronze no Pan-Americano de Winnipeg. No ano seguinte, foi para a Olimpíada de Sydney-2000 e não foi a nenhuma final. Decidiu estudar e treinar nos EUA, mas nunca mais manteve boa regularidade.

Costa chegou a ficar um ano e meio sem nadar. Em 2004, ensaiou um retorno, que vinha dando bons resultados. O atleta foi contratado pelo Pinheiros (SP) e teve o melhor momento justamente quando foi pego dopado. Em Durban, conseguiu duas medalhas de bronze, nos 100m e 200m costas.

Um pouco antes, fora dispensado pelo Pinheiros. Vinha treinando na Escola Paulista de Medicina, onde, coincidentemente, também treinava Juliana Kury, suspensa por doping no meio do ano.

De fora

Ao saber do doping de Leonardo Costa, a CBDA soltou um boletim cortando o nadador da Seleção Brasileira que vai representar o país na etapa de Belo Horizonte (MG) da Copa do Mundo de natação 2004/2005, entre 18 e 20 de fevereiro. A equipe é formada por índices técnicos durante a temporada, mas também depende de tal convocação.

Leonardo já estaria, de qualquer maneira, suspenso provisoriamente pela Fina desde 27 de dezembro. A pena para doping é de até dois anos. A entidade também deve cassar as medalhas conquistadas em Durban e Leonardo pode ter de devolver os US$ 1 mil que recebeu como prêmio.

Lancepress!