0

Ex-colegas de Armstrong podem ser suspensos por doping

5 jul 2012
08h55
atualizado às 10h38

Quatro ciclistas que disputam a Volta da França, ex-companheiros de equipe de Lance Armstrong, devem ser suspensos ao fim da temporada, após um acordo com a Agência Antidoping Americana (USADA), informa o jornal holandês De Telegraaf.

Os americanos George Hincapie (BMC), Levi Leipheimer (Omega Pharma), Christian Vande Velde e David Zabriskie (ambos da equipe Garmin) seriam suspensos por seis meses a partir do fim da atual temporada, depois que testemunharam contra o sete vezes campeão da Volta da França, segundo o "De Telegraaf".

A suspensão dos corredores começaria no fim de setembro, depois da Volta da França e da Volta da Espanha.

"Não foi notificada nenhuma suspensão de seis meses a qualquer membro da Slipstream Sports (Garmin)", reagiu no Twitter o diretor esportivo da Garmin, Jonathan Vaighters.

Os quatro ciclistas americanos teriam testemunhado como parte dos processos que USADA abriu contra Armstrong, acusado de ter feito uso de doping durante a maior parte de sua carreira.

A USADA autorizou, na semana passada, um comitê de especialistas a acusar de maneira oficial Armstrong e outros cinco colaboradores, entre eles o diretor esportivo belga Johan Bruyneel, atualmente na equipe RadioShack, e o ex-treinador italiano Michele Ferrari.

Lance Armstrong está envolvido novamente em polêmicas do esporte. Ciclista já foi acusado formalmente por doping
Lance Armstrong está envolvido novamente em polêmicas do esporte. Ciclista já foi acusado formalmente por doping
Foto: Getty Images
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade